H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Professor Afonso

Os 40 anos de avanços

José Afonso de Oliveira

São passados 40 anos da criação e instalação dos primeiros cursos universitários em Foz do Iguaçu. A Fundação Educacional de Foz do Iguaçu (Funefi) criou a Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (Facisa), que teve início com o funcionamento dos cursos de Administração de Empresas e Ciências Contábeis.

Naqueles anos de construção da hidrelétrica de Itaipu, a cidade vivia um alvoroço tremendo, fruto também de um enorme contingente de trabalhadores das empresas construtoras que aqui chegavam e permaneciam. Era muito comum que jovens que desejavam cursar as universidades tivessem de deixar a cidade, acarretando enormes despesas para as famílias. Esse é um aspecto considerável, mas o importante mesmo dizia respeito ao desenvolvimento da cidade.

A cidade hoje é outra, com a Itaipu fornecendo energia para o Brasil inteiro e para o Paraguai. A cidade é a maior produtora mundial de energia, com a grande vantagem também de ser de uma fonte inteiramente limpa. Mas, concomitantemente a esse fato, a criação e a consolidação de cursos superiores na cidade são muitíssimo importantes e de grande significado.

Hoje ofertamos cursos de alta competência profissional, tanto nas áreas humanas quanto nas tecnológicas. Ninguém mais precisa sair da cidade para estudar – e, talvez mais do que isso, boa parte de nossa elite de dirigentes empresariais e políticos, senão a sua totalidade, é egressa dos cursos superiores oferecidos em Foz.

Já estamos também com os pés no futuro disponibilizando cursos nas áreas de informática, engenharias e em todas as modalidades de saúde, de sorte a estarmos plenamente inseridos no contexto atual de desenvolvimento científico e tecnológico.

Avançamos mais abrindo os nossos cursos para o atendimento de necessidades da América Latina, trabalhando exatamente na constituição de lideranças políticas e empresariais do futuro dos povos com os quais convivemos.

São poucas as cidades brasileiras que conseguiram dar esse salto qualitativo e quantitativo formidável, melhorando significativamente a vida das pessoas. Só na área da saúde, com os cursos que estão sendo ofertados, a situação hoje já é muito distante da existente em passado recente e muito melhor será no futuro próximo, que já está sendo presente.

José Afonso de Oliveira é sociólogo e professor universitário em Foz do Iguaçu.

X