Câncer de próstata é assunto do programa Assembleia Entrevista

Enfermidade é a segunda maior causa de morte entre doenças oncológicas. 

Com mais de 15 mil vítimas a cada ano, o câncer de próstata é a segunda maior causa de morte entre as doenças oncológica nos homens brasileiros. E é para falar deste assunto que o Assembleia Entrevista, programa da TV Assembleia, convidou o médico uro-oncologista Jonatas Pereira, especialista em câncer de próstata. “Campanhas de prevenção são extremamente importantes, porque através dela podemos conscientizar a população sobre esta doença e os homens a se cuidarem como um todo, inclusive várias outras doenças”, afirma.

Segundo Jonatas Pereira os resultados do Novembro Azul – movimento que surgiu na Austrália, em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado no dia 17 de novembro – são visíveis nos consultórios durante o mês da campanha. Ele conta que mesmo mulheres procuram atendimento a seus maridos e companheiros alertadas pelo apelo feito por palestras, cartazes e publicidade. “O câncer de próstata é uma doença relacionada à população, se a população está envelhecendo a chance de ela crescer entre os homens é maior”, explica,

O médico esclarece que não se trata de uma doença evitável, mas é possível com a prevenção fazer o diagnóstico precoce. “Ela está associada ao envelhecimento masculino. É importante detectar precocemente para um tratamento melhor”, diz. “Nas fases iniciais ele é totalmente silencioso. Os sintomas estão associados às fases mais avançadas da doença. São anemia, perda de peso, dor óssea e obstrução da micção. Não se deve confundir com o crescimento benigno da próstata”, explica.

Jonatas Pereira recomenda hábitos físicos regulares, evitar privação de sono e boa alimentação além de se manter a rotina de exames anuais para detectar a doença. É recomendado que pessoas com histórico familiar procurem as consultas com especialistas a partir dos 45 anos. A mesma idade se aplica aos homens afro descendentes. O restante da população masculina deve iniciar estes cuidados aos 50 anos, segundo o médico.

De acordo com ele alguns estudos apontam obesidade e tabagismo como fatores relacionados ao câncer de próstata, porém, não totalmente confirmados. “Nas fases iniciais a chance de cura é muito maior”, frisa. Ele fala na entrevista dos avanços no tratamento, com as cirurgias por laser ou radioterapia para as fases mais amenas e o aparato diagnóstico específico para o câncer com base na hormônioterapia e imunoterapia.

Jonatas Pereira fala dos paradigmas que precisam ser quebrados para que os homens procurem cuidados de saúde, resistência ainda presente no Brasil com influência principal de uma cultura patriarcal e machista. “Precisamos buscar sempre estratégias para que os homens cuidem de sua saúde e procurem um urologista”, fala o profissional.

O Programa Assembleia Entrevista com o médico uro-oncologista Jonatas Pereira vai ao ar nesta quinta-feira (05) pela TV Assembleia, canal aberto 10.2 e 16 pela Claro/Neto, e canal do Youtube logo após a transmissão da sessão do Tribunal de Contas, que inicia às 14 horas.

(Assembleia Legislativa do Paraná)

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.