Covid-19 não dá trégua em Foz, e cidade registra 1.257 novos casos nesta quinta

Passageiros esperam ônibus em um ponto no centro - Foto: Marcos Labanca/Arquivo

Restando ainda dez dias, janeiro supera 9,6 mil ocorrências da doença; são três dias consecutivos com mais de mil diagnósticos positivos a cada 24 horas.

Em aceleração da doença, Foz do Iguaçu registrou mais 1.257 novos casos de covid-19 nesta quinta-feira, 20, conforme divulgado pela prefeitura em boletim epidemiológico. É o terceiro dia seguido em que a cidade totaliza mais de mil diagnósticos positivos a cada 24 horas.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Leia também: Fiocruz. Ômicron é 85% predominante no Paraná; estado vive explosão de casos de covid-19

Restando ainda dez dias para terminar, janeiro já soma 9.696 ocorrências da infecção pelo coronavírus, sendo o mês de maior incidência da doença desde o início da pandemia, em março de 2020. Nesses quase dois anos, 55.479 registros no município, dos quais 49.843 são de pessoas recuperadas.

Dos 1.257 novos diagnósticos desta quinta-feira, um paciente precisou de internamento hospitalar. A cidade soma 4.469 casos ativos, em que as pessoas são consideradas doentes e há risco de transmissão, com 4.437 indicações de isolamento domiciliar e 32 internações.

Em franco crescimento, a média móvel de casos diários chegou a 928,14, alta na comparação com 14 dias atrás. O boletim atual não registra morte em decorrência da doença, a qual, desde o começo da pandemia, levou a óbito 1.167 moradores de Foz do Iguaçu.

A UTI, de 30 leitos, tem 28 internados – taxa de ocupação de 93%. A enfermaria está com 100% de utilização, com as 26 camas disponíveis em uso. Segundo a prefeitura, 79,3% dos internados em Foz do Iguaçu não se vacinaram contra a covid-19 ou estão com o esquema vacinal incompleto.

“No boletim divulgado na quarta-feira (19), nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e enfermarias dos hospitais Padre Germano Lauck e Costa Cavalcanti havia 64 pessoas internadas, das quais 79,3% não estavam vacinadas ou o esquema vacinal estava incompleto”, informou a Agência Municipal de Notícias. “Já os pacientes que tomaram todas as doses representam 20,7%”, completou.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.