O Hospital Municipal atende pacientes para tratamento de covid-19 pelo SUS – Foto: Marcos Labanca

Foz receberá R$ 1,3 milhão em recursos federais para ações contra a covid-19

Dinheiro faz parte da partilha entre fundos estaduais e municipais de saúde para demandas do setor decorrentes da pandemia.

O Ministério da Saúde (MS) publicou portaria, no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 3, em que libera R$ 1,1 bilhão a fundos de saúde dos estados e municípios para o enfrentamento da pandemia de covid-19. Conforme a normativa, desse montante, Foz do Iguaçu receberá R$ 1.351.500,00.

Informa a portaria que os recursos deverão ser destinados ao custeio de ações e serviços de saúde, no contexto das medidas assistenciais do atual momento de emergência por causa do novo coronavírus. A verba será repassada em parcela única, prevê a norma ministerial.

O dinheiro está previsto no crédito extraordinário da Medida Provisória nº 1.062, editada pela Presidência da República em 9 de agosto deste ano. Para calcular a divisão de recursos, o MS considerou a quantidade de autorizações de internação hospitalar para tratamento de covid-19 emitidas pelo ministério.

O recurso para Foz do Iguaçu é o quarto maior entre as cidades do estado, sendo menor apenas do que os repasses para Curitiba, com R$ 15,9 milhões; Londrina, R$ 4,8 milhões; e Maringá, R$ 3,9 milhões. Ao Paraná, o governo federal concederá outros R$ 49,2 milhões.

Pelo Portal da Transparência Covid-19, a administração contabiliza que Foz do Iguaçu recebeu R$ 24,6 milhões em receitas para aplicação contra a covid-19. Essas transferências são estaduais e federais.

No portal, a prefeitura informa que já efetuou o pagamento de R$ 45,6 milhões em despesas relacionadas ao combate da pandemia. O Portal da Transparência aponta ainda que foram empenhados R$ 49,1 milhões em valores para essa finalidade.

Para avaliar a gestão dos recursos utilizados no enfrentamento da pandemia, a Câmara de Vereadores aprovou requerimento pedindo à prefeitura informações detalhadas quanto a receitas e despesas. Por meio do ofício nº 530, o prefeito Chico Brasileiro (PSD) solicitou mais prazo para enviar os dados solicitados pelos vereadores.

Óia a onça, ops, não, OUÇA:
Guarê – Podcast do H2FOZ

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ. OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1288 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ