Novo aplicativo do Paraná amplia serviços de telemedicina

Plataforma vai conectar os pacientes e profissionais da Saúde de forma personalizada e eficiente.

Agência Estadual de Notícias

O Governo do Estado lançou nesta quinta-feira (5), na Universidade Estadual de Londrina (UEL), um novo serviço de atendimento à população chamado Saúde Online Paraná. A plataforma inovadora utiliza um sofisticado sistema de Inteligência Artificial, que vai conectar os pacientes e profissionais da Saúde de forma personalizada e eficiente. Para fazer download do aplicativo, clique aqui.

O aplicativo será usado como medida de prevenção e combate à Covid-19, infecção respiratória grave, causada pelo novo coronavírus e seus efeitos psicológicos, além do monitoramento de doenças crônicas, que podem agravar o quadro clínico de pessoas contaminadas.

Para o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o novo aplicativo multiplica o alcance das medidas de proteção e atenção em saúde do Governo do Estado. “Um projeto inovador, que alia tecnologia e profissionais gabaritados para aprimorar e ampliar o atendimento à saúde da população em um momento tão delicado como este”, disse ele. “Estamos implantando sistemas inovadores para aproximar o governo da população e aprimorar serviços públicos”, afirmou.

Ratinho Junior também destaca que as medidas para o enfrentamento da pandemia incluem a expansão da oferta de leitos para pacientes da Covid-19, entrega de novos hospitais, parcerias para produção de vacina, além de proteção às pessoas mais vulneráveis. “O Saúde Online Paraná vem reforçar o rol de medidas de combate à Covid-19, consolidando nosso Estado como uma referência nesta área”.

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, enfatiza que o novo aplicativo vai beneficiar a saúde física e mental da população. “Ele permitirá o acompanhamento de relatórios e indicadores integrados sobre a situação da pandemia no Estado”, afirma, destacando melhorias no processo de tomada de decisões estratégicas por parte do Governo do Estado.

APLICATIVO – No aplicativo, disponível inicialmente para Android na Play Store, os cidadãos poderão acessar informações oficiais sobre o novo coronavírus e receber atendimento de profissionais da saúde de plantão, tanto para buscar orientações relacionadas à Covid-19, quanto para outras doenças. A plataforma localiza as unidades de saúde mais próximas ao cidadão e apresenta informações sobre atendimentos. Em breve, o aplicativo estará disponível também na App Store para IOS.

“Precisamos utilizar todas as ferramentas e estratégias disponíveis para a promoção da saúde da nossa população. Já tivemos um período de uso do aplicativo extremamente bem-sucedido e apresentamos agora o aprimoramento do serviço”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

INOVAÇÃO – O novo aplicativo foi desenvolvido pela Techtools Health Innovation, empresa de inovação em saúde, a partir de uma demanda da Superintendência Geral e Ciência, Tecnologia e Ensino, com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde.

“Reunimos as melhores tecnologias de certificação de identidade, triagem, inteligência artificial e telessaúde. Com base nesses dados, o Estado poderá gerir as políticas de Saúde Pública de forma ainda mais assertiva, engajando a comunidade na vigilância participativa”, comenta Jeff Plentz, fundador da empresa parceira.

Coordenadora do projeto de extensão UEL pela vida e contra o Coronavírus, Daniela Frizon Alfieri explica que a universidade será responsável pela coordenação da iniciativa. “A UEL já trabalhava com o conceito de telessaúde antes da pandemia, sendo referência no Paraná. Possuímos profissionais qualificados em diferentes áreas que vão contribuir para ampliar o acesso dos paranaenses ao serviço de saúde, reforçando o combate ao coronavírus”.

FUNCIONALIDADES – Os cidadãos cadastrados no aplicativo podem incluir os familiares que não possuem dispositivos móveis com acesso à Internet. Depois do cadastro, os pacientes passam por uma triagem rápida, selecionando as seguintes opções: Suspeita de Covid-19; Retorno de Covid-19 positivo; e Contato com Covid-19 positivo.

De acordo com o resultado da triagem, o paciente pode ser encaminhado a uma unidade de pronto atendimento ou realizar uma consulta remota com os médicos da plataforma, no período das 8 às 23 horas, diariamente. As consultas são realizadas pelo próprio aplicativo, por meio de Teleconsulta.

Caso seja necessário, os médicos podem prescrever medicamentos e emitir atestados digitais. Os médicos que atuam no Teleatendimento têm acesso ao histórico completo de consultas realizadas pelos pacientes, agilizando os diagnósticos e prognósticos.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL – O Saúde Online Paraná utiliza recurso de Inteligência Artificial para identificar mais de 750 condições físicas e mentais diferentes. Ao responder um questionário fácil e intuitivo, o cidadão terá uma sugestão do nível de criticidade de sua condição de saúde e poderá se programar para procurar o atendimento médico indicado.

TELEMEDICINA – A Telemedicina é um segmento da saúde que utiliza Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) na atenção médica a pacientes e profissionais da área, situados em locais diferentes, principalmente casos médicos em que a distância representa fator crítico na oferta de serviços de saúde.

Esse serviço remoto possibilita o suporte ao diagnóstico clínico, permitindo a interpretação de exames e a emissão de laudos médicos a distância. A especialidade está amparada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), por meio da Resolução CFM nº 1.643/2002, com reconhecimento da Organização Mundial da Saúde (OMS), desde a década de 1990.

SEGURANÇA – O aplicativo preza pelos mais rígidos controles de privacidade, a fim de garantir que os dados de identidade dos cidadãos sejam preservados. As informações contidas na plataforma não serão usadas para nenhum outro fim, que não a segurança e a proteção sanitária da população paranaense.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.