Foto: Fernando Frazão/ABr

Vacina da Pfizer recebe autorização para uso em adolescentes a partir de 12 anos

A liberação aprovada pela Anvisa tem como base estudos de segurança e eficácia. 

A vacina contra a covid-19 Comirnaty, produzida pela Pfizer, poderá ser aplicada em adolescentes a partir de 12 anos. A aprovação foi concedida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o comunicado da autarquia brasileira de saúde, a bula do imunizante passará a indicar essa nova faixa etária. Antes, o medicamento era permitido a quem tem mais de 16 anos.

Segundo a Anvisa, a ampliação da idade teve como base estudos da Pfizer feitos fora do Brasil e analisados pela agência. “A ampliação foi aprovada após a apresentação de estudos desenvolvidos pelo laboratório que indicaram a segurança e eficácia da vacina para este grupo”, informou.

A Comirnaty, que possui registro definitivo para vacinas contra covid-19 no país, é a única com indicação para menores de 18 anos em território brasileiro.

Na América Latina, o Uruguai é o primeiro país a imunizar menores de idade, de acordo com a Agência EFE. Seu processo de vacinação para pessoas entre 12 e 17 anos começou nesta semana, como doses da Pfizer/BioNTech.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1163 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ