Em Assunção, cão impede assalto. Fere feio ladrão, mas morde também a vítima

Conan, o buldogue, e o bandido que se deu mal. Depois de atendido, está agora atrás das grades. Fotos: Hoy


O buldogue “Conan” tem 9 anos e quase não tem dentes, mas ainda é bem forte.

Um cachorro da raça buldogue, solto pelo proprietário quando percebeu que um homem atacava uma adolescente do outro lado da rua de sua casa, acabou frustrando o roubo e feriu feio o assaltante.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Mas a vítima também acabou mordida, embora sem gravidade, talvez por “descuido” do cão, chamado Conan.

O caso ocorreu no bairro Sajonia, de Assunção, na tarde de sábado, 5, conforme noticiam os jornais Hoy e Última Hora.

Cenas gravadas por uma câmera no local mostram quando uma adolescente tira o celular do bolso. Um homem, que estava numa moto, imediatamente ataca a jovem, para roubar-lhe o aparelho.

A adolescente tenta se defender e ambos rolam no chão. O bandido atacou a jovem para roubar-lhe o celular, mas ela tenta se defender e ambos caem. Neste momento, o vizinho da frente abre o portão e libera Conan, que vai direto em cima dos dois.

O assaltante corre, enquanto Conan dá umas mordidas na vítima. Mas, logo a seguir, percebe que seu alvo está fugindo e vai atrás dele e o ataca com firmeza.

A SEQUÊNCIA

Solto pelo dono, Conan corre em direção ao assaltante e sua vítima.
Conan vai pro ataque, mordendo pra todo lado.
Depois de perceber que seu alvo tinha fugido, Conan vai atrás dele e o morde na cabeça e rosto.

POUCOS DENTES

De acordo com a polícia, que foi chamada pelos moradores, o ladrão sofreu feridas na cabeça e no rosto, por isso teve que ser levado ao Hospital do Trauma. Ele tem antecedentes penais por furto agravado e seria usuário de drogas.

A adolescente levou uma mordida no antebraço esquerdo. Levada ao Hospital Barrio Obrero, recebeu curativos e foi liberada.

O delegado Pablo González disse que o cachorro tem 9 anos de idade e quase não lhe restam os dentes, o que talvez tenha sido sorte do assaltante. Mas Conan conserva uma certa força, o que foi comprovado neste caso, em que já é chamado de “herói canino”.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.