Paraguai expulsa brasileiros que diziam ser empregados do Google

O carro que os brasileiros usavam para enganar possíveis "clientes" e um dos detidos. Foto: Polícia Nacional
Siga a gente no

A intenção deles era aplicar golpes em comerciantes de Encarnación, fronteira com a Argentina.

Três brasileiros foram presos na cidade paraguaia de Encarnación, na fronteira com a Argentina, acusados de tentativas de golpe contra comerciantes locais.

Num veículo caracterizado como se fosse do “Google Maps” e dizendo-se funcionários da Google, empresa multinacional de serviços online e software dos Estados Unidos, os criminosos visitavam lojas da cidade, para obter informações e, às vezes, até pedir dinheiro. Aparentemente, a intenção era mesmo aplicar golpes.

A Polícia Nacional foi alertada por alguns comerciantes, que suspeitaram das três pessoas, e enviou agentes para detenção pra averiguações.

O resultado é que a polícia paraguaia confirmou que os brasileiros tinham antecedentes penais no Brasil e, com base nisso, eles foram expulsos, por transgressão à Lei de Migrações.

Através da Ponte da Amizade, os três foram entregues a autoridades daqui.

A mulher e os dois homens foram “devolvidos” pela Polícia Nacional e pela Migrações do Paraguai ao Brasil. Foto Polícia Nacional

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

-->