Força Aérea do Paraguai obriga avião carregado com cocaína a fazer pouso forçado

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Uma aeronave pilotada por um boliviano, carregada com cerca de 400 quilos de coca, foi obrigada pela Força Aérea do Paraguai a aterrissar numa plantação de soja no município de Yguazú, que fica a apenas 6 km de Ciudad del Este.

O piloto do avião, que já estaria sem combustível depois de cruzar quase todo o Paraguai, ainda tentou queimar a aeronave, mas foi impedido pelos agentes da Secretaria Nacional Antidrogas, segundo informou a agência de notícias IP, do governo paraguaio, e o fotoperiodista Oscar Florentín, em sua página no Facebook.

A aeronave foi identificada quando ainda estava no departamento de Concepción, depois de entrar no Paraguai pela Bolívia.

Dali, o avião foi perseguido por aviões Tucano, enquanto as autoridades paraguaias informavam o Brasil sobre o percurso que seguiam.

Depois da aterrissagem e prisão do piloto boliviano, os agentes da Senad descarregaram 13 sacos com cocaína, que totalizam cerca de 400 quilos.

A suspeita é que a carga deveria atender o mercado brasileiro ou mesmo o argentino.

O aviãozinho atravessou o Paraguai inteiro, para pousar numa plantação de soja aqui perto. Captura de vídeo do fotoperiodista Oscar Florentín
error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.