Receita Federal desarticula em Foz um depósito de mercadorias “piratas”

Uma denúncia anônima levou fiscais da Receita Federal até um barracão perto da BR-277, em Foz do Iguaçu, onde eram armazenadas mercadorias contrafeitas (“piratas”).

A ação foi nesta segunda-feira, 16, por volta das 11h, no âmbito da operação Escudo. Os servidores encontraram só um responsável no local, que disse cuidar apenas da logística. Ele foi qualificado e liberado, mas a Receita enviou ao Ministério Público uma representação para apuração dos ilícitos.

O homem que estava no depósito informou que as mercadorias não possuem documentação regular e que abastecem lojas no Paraguai e na Vila Portes.

Tênis de marcas internacionais – falsificados – foram encontrados no local. Foto RF

Durante a vistoria, foram encontrados vários volumes de produtos contrafeitos com etiquetas de marcas estrangeiras e nacionais.

No local, os servidores também encontraram a contabilidade feita pelos criminosos e um veículo utilizado para transportar as mercadorias. O veículo foi retido e todos os documentos foram apreendidos para posterior análise.

O depósito e a van utilizada para o transporte das mercadorias falsificadas. Foto RF
Barracão estava lotado de produtos falsificados. Foto RF

Além de poder causar danos à saúde, a comercialização de produtos contrafeitos desencadeia a prática de concorrência desleal, viola os direitos autorais e causa danos ao erário, informa a Receita, que ainda não calculou o valor das mercadorias.

A Receita Federal disponibiliza um telefone de contato para denúncias, de forma anônima, por meio do número (45) 9.9152-2036 e (45) 9.9134-0100.

Mercadorias iam abastecer lojas no Paraguai e na Vila Portes, segundo o responsável. Foto RF
error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.