Foz do Iguaçu se prepara para uma retomada definitiva

Famosa mundialmente por ser casa de uma das 7 Novas Maravilhas das Natureza, Foz do Iguaçu trabalhou muito para ser reconhecida com uma cidade prioritariamente turística. O setor é responsável pela fonte de renda de mais de um terço de sua população, além de beneficiar centenas de milhares de pessoas de forma indireta. Sendo assim, o impacto negativo causado pela pandemia é incalculável e precisa ser tratado de forma séria, para que seus efeitos sejam revertidos, não afundando a cidade em uma crise sem precedentes. Esse é o pensamento geral das entidades representativas do turismo que preparam um forte movimento de retomada.

Esse reinício das atividades já pode ser considerado um novo marco no turismo de Iguaçu, com o fortalecimento da Gestão Integrada do Turismo, para uma atuação ainda mais consistente na busca de visitantes. “Essa etapa precisa ser vista com agilidade e com o pensamento voltado para a saúde financeira das empresas, manutenção de funcionários e recolocação daqueles desligados nas etapas anteriores e, para isso, estamos atuando junto às demais instituições que compõem a Gestão, no intuito de unir esforços para que a retomada no Destino seja mais rápida do que se espera”, afirma Felipe Gonzalez, Presidente do Visit Iguassu.

De março para cá, dois decretos foram severos com a economia da cidade. Sendo que o último, no início de julho, foi considerado pelo setor turístico como extremamente prejudicial. Com hotéis, atrativos, restaurantes e agências de receptivo cumprindo à risca os protocolos sanitários exigidos. O novo fechamento mexeu com os ânimos do setor e do mercado, o que novamente trouxe um impacto negativo, provocando nova estagnação e causando uma incerteza, deixando todos inseguros para viajar.

O Visit Iguassu, representa mais de 130 empresas do setor turístico da cidade e da região trinacional e está atuando fortemente na causa do Turismo, lutando para que a instituição permaneça ativa, mesmo que reduzida, a equipe está trabalhando em projetos eficazes para que a retomada seja rápida. “A reabertura dos atrativos agora precisa ser definitiva. Desde o início, Foz do Iguaçu pode ser considerada como um dos destinos mais preparados do país com relação aos protocolos de segurança. As barreiras sanitárias no aeroporto e em todos os estabelecimentos de serviços e comerciais, nos deixam confiantes que é o momento oportuno de buscarmos o retorno de nossos turistas, com segurança, responsabilidade e respeito à vida”, comenta Gonzalez.

Mesmo com as fronteiras fechadas e sem previsão de reabertura, o Destino Iguaçu segue como um lugar completo, com atrações turísticas para todas as idades e para todos os perfis de visitantes. Restaurantes com gastronomia internacional, meios de hospedagem para todos os gostos e bolsos, de categoria econômica a resorts. Além de um comércio local variado que, a partir deste ano, passou a contar com loja franca, com diversos produtos importados e cota de compras de U$300,00 por pessoa.

Agora definitivo

Desde a abertura da visitação em Itaipu Binacional, a expectativa era da retomada geral dos atrativos de Foz do Iguaçu. Espera que termina nessa terça-feira, dia 04 de agosto, com a maioria dos atrativos retomando suas atividades de forma gradual e definitiva:

Itaipu Binacional – Visita Itaipu Panorâmica

Todos os dias – das 9h às 16h;
Os ônibus que transportam os turistas terão a capacidade reduzida pela metade, a fim de garantir o distanciamento de dois metros entre as pessoas. Caso haja o esgotamento dos ingressos, serão organizadas saídas extras.
 
Cataratas do Iguaçu – Parque Nacional

Terça a domingo – das 9h às 16h;
*Os ingressos para visitar o Parque Nacional do Iguaçu serão vendidos exclusivamente on-line no site www.cataratasdoiguacu.com.br. O visitante precisará realizar a compra do ingresso e agendar o dia e o horário da visita. A compra estará sujeita à disponibilidade de vagas. O parque irá trabalhar com o máximo de 350 vagas de ingressos por hora. A venda on-line e a limitação de público por horário foram planejadas para manter o controle e o distanciamento entre as pessoas.
 
Macuco Safari

Terça a domingo – das 9h às 16h;
A capacidade nos passeios de barco foi reduzida em 50% para garantir o distanciamento entre os visitantes. A compra dos ingressos pode ser realizada nas bilheterias do Macuco Safari, dentro do Parque Nacional e, também, pelo site www.macucosafari.com.br.
 
Marco das 3 Fronteiras

Terça a domingo – das 15h às 21h
As apresentações culturais serão realizadas a partir das 17h30. O público poderá prestigiar as intervenções artísticas, ao ar livre, com a proteção do distanciamento, demarcado no chão da praça. A praça gastronômica do Marco retornará com seu cardápio da fronteira. O parquinho infantil, o Restaurante Cabeza de Vaca e o Memorial Cabeza de Vaca não serão reabertos nesta fase de atendimento.

Dreams Park Show: Museu de Cera, Maravilhas do Mundo e Vale dos Dinossauros

De terça a domingo – das 13h às 18h
Venda de ingresso online pela loja virtual www.dreamticket.com.br/empresa/foz
 
Helisul
De terça a domingo, das 9h às 16h.
 
Parque das Aves
Previsão de reabertura em setembro

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.