Até agora, março tem a maior taxa de mortalidade por covid-19 em Foz. Foto: Marcos Labanca/Arquivo

Covid-19: pessoas estão morrendo cada vez mais jovens em Foz

Muitos têm a impressão de que as pessoas estão perdendo a vida para a covid-19 cada vez mais jovens em Foz do Iguaçu. E não é só impressão. Os dados comprovam que a média de idade dos óbitos vem realmente caindo. Em março, até os dados divulgados pela prefeitura nesta segunda-feira, 22, a média é de 65,4 anos, sendo 65,8 para homens e 65 para mulheres.

Além de ser o mês com maior taxa de mortalidade, março também é o mês com a menor média de idade daqueles que morreram desde junho de 2020, quando os óbitos começaram a ocorrer com mais frequência. A média mensal é 5,2% menor do que a geral (69 anos) e 9,8% menor do que a de novembro do ano passado, o mês de maior média até aqui (72,5).

Somente em março deste ano, morreram sete pessoas com até 40 anos, e no dia 9 tivemos o registro do mais jovem até hoje: um homem de apenas 26 anos. Em relação ao gênero, a média de idade das mulheres que morreram diminuiu de 74,9 em fevereiro para 65 em março, uma queda de 13,2%.

Confira a média de idade mês a mês:

Na divisão por gênero, 60,7% são homens; e 39,3%, mulheres:

A faixa etária entre 71 e 80 anos é a que concentra a maior quantidade de óbitos: Acompanhe:

Vacy Junior - H2FOZ

Vacy Alvaro é repórter e coordenador dos infográficos do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Vacy Junior - H2FOZ tem 61 posts e contando. Ver todos os posts de Vacy Junior - H2FOZ