“Devoluções” de Itaipu

Eram 12 empregados de outros órgãos. Só dois ficaram.

Apoie! Siga-nos no Google News

Deu na Folha de S. Paulo

“Em meio ao que chama de 'política de austeridade', o presidente de Itaipu, general Silva e Luna, decidiu exonerar 12 dos 14 funcionários de outros órgãos requisitados para trabalhar na diretoria-geral da empresa.

Resultado: Luna chegou à conclusão de que apenas dois produziam como o esperado.”

A nota está correta, mas vale uma observação: os empregados requisitados não foram “exonerados”, mas sim, devolvidos aos órgãos de origem.

Ainda não se sabe o que a Itaipu vai fazer com os cedidos, isto é, os empregados que foram “emprestados” a outros órgãos, municipais e estaduais, mas continuaram recebendo salários pela binacional..