Barraco de lona na ocupação Vila Resistência 2, em Foz - Foto: Marcos Labanca

População de Foz do Iguaçu na pobreza extrema aumentou 28%

Mais notas do blog: secretário questionado por população em situação de rua; jogos com etapas em Foz do Iguaçu; um paranaense na ONU; e Defesa suspende desfile em 7 de setembro.

Cresceu em 28% o contingente de iguaçuenses sobrevivendo com renda familiar de R$ 0 a R$ 179 por pessoa. O dado foi confirmado a vereadores pelo secretário de Assistência Social de Foz do Iguaçu, Elias Oliveira, que foi à Câmara nesta terça-feira, 17.

“Os dados de aumento da pobreza e extrema pobreza se devem ao aumento da fila do Cadastro Único”, informou. As informações são da assessoria do Legislativo. Na reunião, Elias afirmou que todas as secretarias devem atuar para combater a pobreza. Diante dos números, falta ao poder público ultrapassar a constatação para as ações efetivas e de resultados.

Já em junho deste ano, reportagem exclusiva do H2FOZ, produzida pelo repórter Vacy Júnior, demonstrou que a pandemia fez disparar o número de famílias iguaçuenses em situação de extrema pobreza e de pobreza. Os números basearam-se no Cadastro Único e no Bolsa Família.

“Enquanto alguns podem gastar R$ 89 em apenas uma única refeição, muitos precisam fazer esse dinheiro durar o mês inteiro”, informava a reportagem. “Essa é renda mensal de 27 mil moradores de Foz do Iguaçu, que dependem de ajuda do governo ou outros tipos de auxílio para amenizar a miséria.”

População em situação de rua

Os vereadores também fizeram vários questionamentos ao secretário Elias Oliveira sobre a política de assistência social. Um deles, levantado pelo vereador João Morales (DEM), foi sobre o acolhimento de pessoas que estão em situação de rua.

“À população em situação de rua temos uma política estruturada, mas também depende da aceitação deles em ir para o serviço de acolhimento”, disse Elias. Ele ainda falou que a secretaria constatou aumento de idosos em situação ruim com relação aos cuidados, durante a pandemia.

Jogos com etapas em Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu receberá seis etapas dos Jogos da Juventude do Paraná (Jojups) e dos Jogos Abertos do Paraná (JAPs). O município irá sediar as competições regionais de handebol, vôlei e bocha, com equipes do Oeste. As disputas serão quinzenalmente, a partir do dia 11 de setembro, com término em 21 de novembro.

Um paranaense na ONU

O Brasil terá novo representante na Organização das Nações Unidas (ONU) para o comitê de prevenção ao crime e justiça criminal. O paranaense Tracy Reinaldet, doutor em direito penal, representará o país no Comitê Permanente da América Latina para a Prevenção do Crime (Coplad), atuando como consultor e pesquisador em mandato de dois anos.

Defesa suspende desfile em 7 de setembro

O governo federal não realizará desfile cívico-militar de 7 de setembro, pelo segundo ano seguido. A data, que celebra o Dia da Independência, reúne autoridades e o público em geral na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

O Ministério da Defesa informou que a comemoração do 199º aniversário da Proclamação da Independência será no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República, com restrição de público devido à pandemia. Não haverá impedimento do órgão para a participação militar em eventos que venham a ocorrer em outras unidades da federação, noticiou a Agência Brasil.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Blog da Redação

Blog da Redação é de responsabilidade dos jornalistas do Portal H2FOZ. Veja mais mais conteúdo do autor.

Blog da Redação tem 0 posts e contando. Ver todos os posts de Blog da Redação