Blog pelo Paraná – Nova Ferroeste, Programa de governo e Vacinação infantil

Nova Ferroeste vai ligar Maracaju, no Mato Grosso do Sul, ao Porto de Paranaguá e terá mais de 1.500 quilômetros de extensão. Foto: Nova Ferroeste.
Siga a gente no

Nova Ferroeste
O Governo do Estado lançou o processo de consulta pública do edital da ferrovia, que vai ligar Maracaju, no Mato Grosso do Sul, ao Porto de Paranaguá e terá mais de 1.500 quilômetros de extensão, incluindo os ramais até Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, e Chapecó, em Santa Catarina. “O maior projeto ferroviário do Brasil, a Nova Ferroeste, será estratégica para o desenvolvimento do País”, afirmou o governador Ratinho Junior.

Ferrovia bioceânica
A Nova Ferroeste também é estratégica na consolidação de uma ferrovia bioceânica ligando os portos de Paranaguá e Antofagasta, no Chile, conectando os oceanos Atlântico e Pacífico. “Esse corredor será um novo Canal do Panamá, vai trazer uma grande transformação à América do Sul”, salientou o governador.

Isenção
Apesar do reajuste, o Programa Energia Solidária permanece. Ele prevê a isenção de tarifa para famílias de baixa renda, inscritas no Cadastro Único do governo federal, e com consumo de até 150 kWh por mês. De acordo com a Copel, no mês de maio, cerca de 380 mil famílias no Paraná estavam ligadas ao programa.

Eficiência energética
Vinte e oito indústrias paranaenses receberão consultorias para identificação de práticas de eficiência energética que podem ser implantadas em seus processos produtivos, visando reduções de custos e aumento de competitividade. Elas são associadas a sindicatos empresariais filiados à Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) que tiveram projetos voltados a essa área contemplados no Edital Fiep de Apoio às Indústrias Sindicalizadas.

Eficiência energética II
As consultorias nas indústrias selecionadas devem começar ainda neste mês. Para cada uma delas serão destinados R$ 15 mil dos recursos obtidos pelo edital da Fiep, com uma contrapartida de R$ 3 mil de cada empresa. Para participar do programa, as empresas precisavam cumprir quatro pré-requisitos: ser associadas aos respectivos sindicatos; ter um gasto mínimo de R$ 30 mil na fatura mensal de insumos energéticos (incluindo energia elétrica e combustíveis); ter dois turnos de produção ou no mínimo 12 horas por dia de operação; e disponibilizar as últimas 12 faturas de insumos energéticos.

Plano Safra
O Presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR), deputado federal Giacobo (PL-PR), esteve em reunião com o Ministro Chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, para dar seguimento ao novo Plano Safra 22/23. Para Giacobo, “um dos grandes desafios do novo Plano Safra é aumentar o orçamento, no ano passado foram disponibilizados R$ 252 bilhões”. Já em 2022, o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) solicitou o valor de R$ 330 bilhões.

Tempo recorde
O Paraná foi o segundo estado mais rápido do País no tempo médio de abertura de empresas neste primeiro quadrimestre de 2022. O Paraná leva em média 18 horas para abrir uma empresa, mesmo tempo registrado pelo Distrito Federal. Sergipe ficou em primeiro lugar no ranking, com 15 horas. Já a média brasileira está em 1 dia e 16 horas.

Saldo de empresas
Neste primeiro quadrimestre, no Paraná, foram abertas 93.620 empresas e 38.572 foram fechadas, com um saldo de 55.048. Assim, o Estado é o quarto no Brasil com maior saldo de empresas abertas, ficando atrás de São Paulo (237.878), Minas Gerais (80.192) e Rio de Janeiro (71.422).

Pacote
O governador Ratinho Junior (PSD) destacou que o Estado liberou mais de R$ 1,1 bilhão para a execução de obras nos municípios paranaenses em um intervalo de três meses. Nesta quarta-feira (22), Ratinho Júnior autorizou o repasse de R$ 664,5 milhões para 353 cidades. A esse valor soma-se R$ 450 milhões encaminhados em março a 284 municípios. O pacote contempla 656 ações diferentes e vai beneficiar a população de todas as regiões do Estado. Dentre elas, 577 realizadas a fundo perdido, no valor de R$ 480,4 milhões, por meio de transferência voluntária da Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, ou seja, os valores não precisarão ser devolvidos aos cofres.

Novo hospital
O prefeito Amin Hannouche (PSD) destacou que o Hospital Regional de Cornélio Procópio já tem 98,21% das obras prontas, com previsão de estarem concluídas em 90 dias. “Denominado de Hospital Regional Pioneiro Amin Hannouche, homenagem ao meu saudoso pai, o complexo hospitalar será um dos mais importantes em seu segmento e a obra, sem dúvida alguma, a mais importante de toda a minha administração”, disse o prefeito. Neste ano, o Estado repassou R$ 16,4 milhões para a conclusão da unidade.

Dengue
O boletim semanal da dengue, publicado pela Secretaria de Estado da Saúde, confirma mais oito mortes em decorrência da doença, aumentando para 59 o número total de óbitos no Paraná. Os dados são do 43º Informe Epidemiológico, do novo período sazonal da doença, que iniciou no dia 1º de agosto e deve seguir até julho de 2022.

Candidato ao Senado
O ex-ministro da Saúde do governo Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, confirmou que será candidato ao Senado pelo estado do Mato Grosso do Sul. Ele terá como uma das adversárias a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina (PP), que também é cotada como vice na chapa presidencial de Bolsonaro. A candidatura de Mandetta será pelo União Brasil.

Programa de governo
Lula e Alckmin apresentaram as diretrizes do programa de governo. Um dos pontos que abre discordância na campanha é a revogação da reforma trabalhista. Nele, o petista sinalizou recuo, mas manteve a intenção de criar uma nova legislação. O ex-presidente também falou em ‘abrasileirar’ os preços dos combustíveis e se opôs à privatização de Petrobras e Eletrobras. No evento, a cúpula petista passou por uma saia justa com o vereador Eduardo Suplicy, que sentiu-se ignorado pela campanha.

Vacinação infantil
Os EUA começaram a vacinar crianças de 6 meses até 5 anos contra a Covid-19. Com isso, cerca de 19 milhões de pessoas da faixa etária estão aptas a receber algum dos imunizantes aprovados: Pfizer e Moderna.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Associação dos Diários do Interior – PR

A coluna “Pelo Paraná” é de responsabilidade da ADI-PR (Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná) Veja mais mais conteúdo do autor.

-->