Blog pelo Paraná – Segunda Ponte, Vacina é prioridade e 30 anos Mercosul

Segunda Ponte
A construção da Ponte Internacional da Integração sobre o Rio Paraná, que vai ligar Foz do Iguaçu, no Brasil, e Presidente Franco, no Paraguai, está com 49% da obra concluída. Os investimentos nesta obra, financiada pela Itaipu Binacional, já somam R$ 115 milhões. A estrutura terá 760 metros de comprimento e vão-livre de 470 metros, o maior da América Latina. A previsão é que a obra seja entregue em 2022.

1 milhão de doses
O Paraná ultrapassou a marca de 1 milhão de doses aplicadas da vacina contra o novo coronavírus. Até o início da tarde de domingo (28), o vacinômetro disponível no site da Secretaria de Estado da Saúde contabilizava 1.002.683 aplicações, sendo 792.734 paranaenses imunizados – 209.949 receberam a dose de reforço.

Vacina é prioridade
O Paraná tem 4.686 leitos exclusivos para Covid-19 via SUS, entre enfermarias e UTI adultas e pediátricas. Neste domingo (28), a taxa geral de ocupação dos leitos no Estado era de 88%. Entre os leitos de UTI, a ocupação era de 98%. O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, reforçou que não é apenas a abertura de leitos que vai nos ajudar. “Neste momento, nossa prioridade é vacinar. Por isso lançamos a campanha para municípios aplicarem doses de domingo a domingo”.

Novos leitos
Na última semana, o Paraná recebeu doações de equipamentos para novos leitos de tratamento contra Covid-19 de 42 empresas e instituições. Entre os itens, estavam 135 respiradores e 70 monitores, além de outras tecnologias que, juntos, totalizam quase R$ 10,3 milhões em doações. As doações foram feitas por 42 empresas e instituições.

Celeridade
Os municípios paranaenses estão comprometidos em acelerar a vacinação contra a Covid-19, que agora passa a ser aplicada ininterruptamente, de domingo a domingo. O governador reforçou a necessidade de acelerar a vacinação, para que o Paraná feche o mês de abril com 100% pessoas com mais de 60 anos imunizadas, além de incluir novos públicos, como policiais e professores.

30 anos Mercosul
A criação do Mercosul completa 30 anos e, embora o bloco tenha nascido inicialmente com objetivos econômicos, ele avançou para outras áreas, que ainda seguem em fase de consolidação.  A formação do bloco, além de  pôr fim à “competição bélica” de Brasil e Argentina, à época, também teve a capacidade de unir países que protagonizaram um momento cruel da história da América Latina – a guerra da Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguai) contra o Paraguai.

30 anos Mercosul II
Para Gustavo Oliveira Vieira, professor de Direito da Integração da Unila, ”essa paz, que é ausência de violência direta ou do risco de uma violência direta, permite que as energias sejam gastas na construção de relações de integração e de cooperação”, analisa.

Sem arrependimentos
O ex-juiz Sérgio Moro afirmou não ter arrependimentos por seu trabalho no âmbito da Lava Jato, apesar da decisão recente do STF que considerou sua atuação parcial em caso do ex-presidente Lula. Moro até admitiu a possibilidade de erros na Lava Jato, mas não propositais. “Pode ter tido algum erro aqui ou ali. Mas algum abuso, algo intencional? Nada.”

Queda
A perda de espaço no comércio regional na última década fez o Brasil deixar de exportar US$ 56,2 bilhões para a América do Sul. A conclusão consta em levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI).  A participação do Brasil nas importações dos demais países sul-americanos caiu de 14,5% em 2010 para 10,7% em 2019. Da mesma forma, os países do subcontinente deixaram de vender para cá – o Brasil absorveu apenas 7,4% das exportações sul-americanas em 2019, contra 10,5% em 2010.

Taxa de Mortalidade
Entre novembro de 2020 e março deste ano, oito a cada dez pacientes com Covid-19 intubados em UTIs do Brasil morreram, segundo dados do Ministério da Saúde compilados por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A taxa de mortalidade de pacientes internados no país, de 83,5%, é uma das maiores do mundo.

Moderno
A Embraer apresentou pela primeira vez em voo o seu novo carro voador elétrico. O protótipo em tamanho reduzido decolou da sede da Embraer em Gavião Peixoto (SP). O projeto faz parte da Eve Urban Air Mobility Solutions, dedicada a desenvolver o ecossistema de mobilidade aérea urbana.

Vem vacina!
O Instituto Butantan entregou nesta segunda-feira (29) uma nova remessa de 5 milhões de doses da Coronavac, vacina contra Covid-19 do laboratório chinês Sinovac, ao Ministério da Saúde. Nesta segunda, o Butantan chegou a 19,3 milhões de doses enviadas ao ministério somente no mês de março. O cronograma de entregas de vacinas do Ministério da Saúde prevê 575,3 milhões de doses de vacinas até o final deste ano. São mais de 562 milhões de doses já contratadas pela pasta.

IFA
A Fiocruz recebeu  mais duas remessas de insumo farmacêutico ativo (IFA) suficientes para produzir 12 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, usada na imunização contra a covid-19.  Este mês, a Fiocruz já produziu e entregou 1,8 milhão de doses de vacinas produzidas no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos).

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Associação dos Diários do Interior – PR

A coluna “Pelo Paraná” é de responsabilidade da ADI-PR (Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná) Veja mais mais conteúdo do autor.

Associação dos Diários do Interior – PR tem 5 posts e contando. Ver todos os posts de Associação dos Diários do Interior – PR