Paraguai recebe nesta quinta-feira, 18, primeiras doses de vacina russa

O ministro de Saúde Pública do Paraguai, Julio Mazzoleni, informou que o país vai receber 4 mil doses da vacina russa Sputnik V nesta quinta-feira, 18, informa o jornal Última Hora.

Segundo o ministro, como a vacina Sputnik V exige duas doses, esse primeiro lote será utilizado para imunizar 2 mil profissionais de saúde que atuam na linha de frente contra a covid-19, principalmente nas UTIs.

A chegada das vacinas é resultado de um acordo bilateral entre o Paraguai e a Rússia. Elas foram adquiridas por meio do Fundo Russo de Investimento.

O acordo bilateral foi feito fora do mecanismo Covax, da Organização Mundial da Saúde (OMS), e prevê a compra de um milhão de doses.

O Paraguai também espera a chegada de mais 4 milhões de doses pelo Covax, as quais devem ser aprovadas pela OMS.

A Saúde do Paraguai habilitou 63 postos de vacinação localizados em diversos pontos do país. A primeira etapa de imunização prevê o atendimento ao pessoal de saúde, assim como idosos acima de 60 anos.

Na segunda etapa serão vacinas pessoas entre 18 e 59 anos com enfermidades crônicas, professores, trabalhadores essenciais e população indígena.

Na terceira etapa, os trabalhadores essenciais que ainda não foram vacinados, a população penitenciária e a população em geral, desde que as outras etapas tenham sido cumpridas.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.