Ocorrência foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde - Foto: Jéssica Natal/UEPG

Primeiro caso da variante Lambda é confirmado no Paraná

Considerada “variante de interesse”, essa cepa do coronavírus foi identificada originariamente no Peru, no ano passado.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou, nesta sexta-feira, 13, a ocorrência do primeiro caso da variante Lambda (C.37) no Paraná. Essa cepa do coronavírus é originária do Peru.

Trata-se de uma mulher, residente em Londrina, na Região Norte do estado, sem comorbidades e que não havia sido vacinada, tendo coletado em 9 de julho, depois dos primeiros sintomas no dia 5. Ela não foi internada e teve sintomas leves.

A detecção da variante Lambda ocorreu por meio de sequenciamento genômico feito pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A análise foi conforme amostragem aleatória, encaminhada pelo Laboratório Central do Estado (Lacen).

A cepa Lambda do coronavírus foi identificada no Peru no final de 2020. De acordo com a Sesa, ao contrário da Delta, considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “variante de preocupação”, a Lambda é uma “variante de interesse”.

O Instituto Butantan explica que variantes de interesse (VOIs, do inglês Variants of Interest) são as que “aparecem em várias pessoas e em lugares diferentes, colocando os cientistas e governantes em alerta”. Passam a ser de preocupação “caso se tornem mais frequentes a ponto de influenciar as medidas de saúde pública, seja pelo aumento da transmissibilidade e da virulência ou pela diminuição da eficácia dos diagnósticos e vacinas”, diz o instituto.

Delta

Nesta sexta-feira, a Secretaria de Saúde do Paraná também confirmou mais dois casos da variante Delta, em meio a 91 amostras processadas nos últimos dias. Os casos são de moradores de Londrina e Cascavel. O estado contabiliza agora 56 diagnósticos dessa cepa, que já está em estágio de transmissão comunitária.

Os casos confirmados da variante Delta são em: Apucarana, Curitiba, Piên, Fernandes Pinheiro, Araucária, Piraquara, São José dos Pinhais, Mandaguari, Irati, Imbituva, Colombo, Pinhais, Fazenda Rio Grande, Campo Mourão, Francisco Beltrão, Rolândia, Londrina e Cascavel.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ. OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1288 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ