Conta de energia elétrica da Copel pode ficar 9,6% mais cara

Reajuste será definido após consulta pública da Aneel na internet sobre a revisão tarifária, aberta nesta quarta-feira, 31.

A fatura de energia elétrica fornecida pela Copel poderá sofrer reajuste de até 9,6%. O percentual será definido após consulta pública sobre a revisão tarifária da companhia, aberta nesta quarta-feira, 31, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que será seguida por uma audiência pública.

Se aprovado, o aumento entrará em vigor no dia 24 de junho de 2021 e afetará 4,8 milhões de unidades consumidoras, em 394 municípios paranaenses. Esse reajuste faz parte da revisão tarifária periódica, sendo diferente do acréscimo anual na conta de luz.

Conforme a agência reguladora, a revisão tarifária compõe os “mecanismos de definição do valor da energia paga pelo consumidor, sendo realizada a cada quatro anos, em média”. Segundo a Aneel, essa atualização define “o nível eficiente dos custos operacionais e a remuneração dos investimentos”.

A conta de energia elétrica no Paraná poderá encarecer em plena pandemia de covid-19. Os efeitos econômicos e sociais devido à emergência em saúde pública pesam na administração financeira das empresas, na renda de trabalhadores e no orçamento doméstico.

Para a Aneel, os índices relacionados à energia elétrica foram impactados principalmente pelos encargos setoriais e pelos custos com aquisição e transporte do produto. “É importante ressaltar que os índices em consulta são preliminares. Os valores definitivos serão aprovados após a análise das contribuições recebidas [na consulta pública].”

Para participar da consulta pública sobre a revisão tarifária aberta pela Aneel é possível enviar contribuições entre 31 de março e 14 de maio de 2021, para os seguintes endereços de e-mail: [email protected], [email protected], [email protected] e [email protected]

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.