Três irmãos haitianos se formaram na Unila no mesmo ano

Referência em integração, acolhimento e diversidade, universidade já recebeu 600 estudantes do Haiti desde 2015.

Apoie! Siga-nos no Google News

Uma conquista em família é como podem comemorar Endel Christian Achelus, Nivette Chrismane Achelus e Joset Achelus, irmãos haitianos e que se formaram no mesmo ano na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila). Antes deles, o quarto irmão, Godzer Verdieu Achelus, também se graduou na instituição em 2022.

LEIA TAMBÉM: Unila lança processo seletivo internacional para 2024 – saiba como participar

Referência em integração, diversidade e acolhimento, a universidade já recebeu 600 estudantes do Haiti desde 2015. A instituição é o destino para a formação e produção de conhecimento de jovens de países na fronteira com Foz do Iguaçu e outros que vêm de mais longe, como Equador, Colômbia, Venezuela, Costa Rica e Haiti.

Na família Achelus, Endel obteve o diploma em Arquitetura e Urbanismo; Nivette, em Administração Pública e Políticas Públicas; e Joset se formou em Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar. Os estudantes e parentes começaram a chegar à Unila em 2018, mas já moravam no Brasil, na cidade de Contagem (MG).

Falando pelo grupo, Endel enfatizou a relação de Foz do Iguaçu com a instituição pública federal. “A oportunidade de cursar o ensino superior na Unila nos abriu muitas portas na cidade, principalmente porque conseguimos estagiar em várias empresas importantes aqui, enquanto estudávamos”, relatou.

Ele também reforçou o valor da multiplicidade de nacionalidades e culturas reunidas na Unila. “Para nós todos, sem dúvida, a experiência marcante foi o intercâmbio cultural que existe dentro da Unila, de forma que conseguimos conhecer pessoas de outras nacionalidades de toda a América Latina e fazer amizades com nacionalidades diferentes com muita facilidade, isso porque estamos todos no mesmo ambiente universitário, que zela pela pluriculturalidade”, declarou.

Os irmãos se mostram preparados para o futuro e têm o objetivo de seguir crescendo pessoal e profissionalmente. “O Haiti está passando por momentos difíceis de conflitos armados, sendo assim não tem como voltarmos agora. É melhor continuar a crescer na comunidade internacional e, no momento certo, ajudar nossa nação com a nossa expertise adquirida”, expôs Endel Christian Achelus.

Haitianos na fronteira

É possível saber mais sobre a vida dos estudantes haitianos em Foz do Iguaçu e um pouco da história e cultura daquele país no episódio do ¿Qué Pasa?, produzido pela universidade. O link para o programa é: https://www.youtube.com/watch?v=YzL7u0ZXXfE&t=6s.

(Com informações da assesssoria da Unila)

LEIA TAMBÉM
1 comentário
  1. […] Leia também:Família em festa: três irmãos haitianos se formam na Unila no mesmo ano […]

Comentários estão fechados.