Prazo para destinar parte do Imposto de Renda a projetos sociais vai até dia 30

Juliano Bicigo durante entrevista ao programa Marco Zero - Foto: Divulgação
Siga a gente no

Dinheiro do tributo fica em Foz do Iguaçu, e doação pode ser para fundos da criança, adolescente e idoso; procedimento é simplificado.

Moradores de Foz do Iguaçu têm até o dia 30 de dezembro para destinar parte do Imposto de Renda (IR) para os fundos públicos que financiam projetos sociais para crianças, adolescentes e idosos, abatendo o valor do pagamento do tributo anual. Esse dinheiro permanece na cidade, beneficiando o trabalho de instituições.

Os fundos são geridos pelos conselhos de políticas públicas de cada área, seguindo regras previstas na legislação e mediante prestação de contas da aplicação dos recursos e das atividades realizadas. O procedimento para a doação foi detalhado no programa Marco Zero, pelo gerente de Pessoa Física da De Paula Contadores, Juliano Bicigo.

O Marco Zero é um programa conjunto produzido pelo H2FOZ e Rádio Clube FM. Entrevista, opinião, enquete, entretenimento, esporte, cultura e agenda. Todo sábado, das 10h às 12h. Participe do grupo no Whatsapp para receber as novidades. Clique aqui.

Assista à entrevista.

Ele lembrou que doações a projetos sociais podem ser realizadas o ano inteiro, mas o prazo para quem quer fazer a dedução do valor no seu Imposto de Renda termina neste dia 30. O contribuinte pode doar para os fundos da infância e do idoso geridos em Foz do Iguaçu ou para instrumentos similares em nível estadual e federal.

O procedimento é simples. Qualquer pessoa física que faz a retenção do IR pode doar até 6% do imposto devido, incidente sob o valor apurado no ano inteiro – quem tem mais de um rendimento deve somar todos os rendimentos. Empresas também podem fazer a destinação, mas nesse caso o ideal é buscar a orientação do contador que presta serviços ao empreendimento.

“A pessoa consegue fazer uma estimativa muito fácil pegando a última declaração e olhando quanto foi o rendimento”, explicou Juliano. “Com isso, ela já sabe qual foi o percentual de imposto retido e apurado na declaração, sobre o qual é feito o cálculo de 6% passivo de destinação aos fundos sociais”, detalhou.

Conforme o gerente de Pessoa Física da De Paula, o interessado em doar pode chegar aos dois fundos de assistência na Prefeitura de Foz do Iguaçu (clique aqui: Fundo da Criança e do Adolescente e Fundo do Idoso). A partir daí há um passo a passo até a emissão de um documento de arrecadação, que é um boleto bancário para ser pago até 30 de dezembro.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

-->