Cineclube exibe filme paraguaio de graça na internet

Cena de "Matar a un muerto", do diretor Hugo Giménez. Imagem: Reprodução.

O Cineclube Cinelatino, de Foz do Iguaçu, exibe a partir de segunda-feira (26), na internet, o filme paraguaio “Matar a un muerto”, do diretor Hugo Giménez. A produção é uma das indicadas na categoria Melhor Obra-Prima de Ficção Ibero-Americana do Prêmio Platino 2021, um dos principais do continente e península Ibérica.

O longa estará disponível gratuitamente entre segunda e quarta-feira (28). Para receber o link, é preciso fazer a inscrição no endereço http://bit.ly/cinelatinoprogramacao. Também na quarta, às 19h, haverá um debate no YouTube com a participação do diretor e de convidados envolvidos na produção ou nas temáticas abordadas.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Finalizado em 2019, “Matar a un muerto” é ambientado no ano de 1978, durante o período de repressão conjunta das ditaduras de Brasil, Paraguai, Argentina, Uruguai e Chile, no que passou para a história como Operação Condor.

Trailer de “Matar a un muerto”.

“Em plena ditadura, dois homens enterram cadáveres clandestinamente em um bosque. Em uma manhã, entre uma pilha de mortos, encontram um homem que ainda respira. Os dois coveiros sabem que precisam matá-lo, mas nunca assassinaram ninguém. O destino dos três será definido durante a final da Copa do Mundo, que está acontecendo na Argentina”, descreve a sinopse do filme.

A exibição é fruto da parceria entre Cineclube Cinelatino e Sabaté Films. Anteriormente, outros filmes de destaque da produção dos demais países da América do Sul já foram trazidos pelos curadores, muitos dos quais indisponíveis nas plataformas comerciais.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.