Comércio do Paraguai espera boas vendas no feriado de Tiradentes

Imagem aérea da fronteira, com Ciudad del Este e a Ponte da Amizade ao fundo. Foto: Marcos Labanca.

Lojas estarão abertas de quinta (21) a domingo (24), com o dólar abaixo de R$ 5 devendo colaborar com as expectativas.

O feriado brasileiro de Tiradentes, celebrado na quinta-feira (21), é aguardado com expectativa por empresários e trabalhadores do comércio de Ciudad del Este. As lojas estarão abertas durante todos os dias, em horário normal ou ampliado. A cotação do dólar, abaixo de R$ 5, é um dos diferenciais em relação a datas anteriores.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Pesquisa feita pelo H2FOZ, na manhã desta quarta-feira (20), aponta que o dólar é cotado, nas casas de câmbio de Ciudad del Este, entre R$ 4,95 e R$ 4,98 para a venda ao cliente. Em Foz do Iguaçu, as cotações variam entre R$ 4,98 e R$ 5,02. O dólar comercial (usado em transações entre empresas), conforme o Banco Central, vale R$ 4,67.

No feriado de Semana Santa e Páscoa, o movimento ficou concentrado na quinta e no sábado, uma vez que a maioria das lojas não abriu na Sexta-Feira Santa. Como Tiradentes é feriado apenas no Brasil, a previsão é de que o fluxo de visitantes seja diluído entre quinta, sexta e sábado, embora a maior procura deva ocorrer no sábado (23).

Para ir a Ciudad del Este, o único requisito é portar documento de identidade com foto. O controle é feito por amostragem, e somente quem deseja permanecer mais de 24 horas (ou viajar a outras partes do Paraguai) precisa fazer o registro de entrada no país, apresentando os comprovantes sanitários.

Via de regra, as lojas voltadas ao público brasileiro estão concentradas nas quadras próximas à Ponte da Amizade e funcionam das 7h às 16h, com alguns shoppings e estabelecimentos permanecendo abertos até a noite. Aos domingos, o funcionamento costuma ficar restrito ao período da manhã.

A cota para compras em Ciudad del Este ou na cidade argentina de Puerto Iguazú é de US$ 500 por CPF. O viajante que vem a Foz do Iguaçu tem a opção, ainda, de gastar outros US$ 500, livres de impostos, nas lojas francas (duty free) existentes na cidade. Para saber mais sobre essa opção, clique aqui para conferir o guia especial do H2FOZ.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.