Dengue: lado argentino inicia aplicação da segunda dose da vacina

Campanha pioneira é organizada pelo governo da província de Misiones; em Puerto Iguazú, imunizante estará disponível na quinta (18).

Apoie! Siga-nos no Google News

O Ministério da Saúde da província de Misiones está dando início, nesta quarta-feira (17), à aplicação da segunda dose da vacina contra a dengue, destinada ao público com idade entre 20 e 59 anos.

Leia também:
Foz do Iguaçu supera 16 mil notificações de dengue – veja o último boletim

Neste primeiro dia, os trabalhos estarão concentrados em Posadas, capital da província. Em Puerto Iguazú, o começo da aplicação das doses está marcado para quinta-feira (18), bem como na cidade de Eldorado, localizada a cem quilômetros da fronteira.

O agendamento dos horários é feito com o uso do aplicativo AlegraMed, utilizado pelo governo de Misiones. A recomendação aos cidadãos é para que levem um documento de identidade com foto e o carnê entregue por ocasião da primeira dose.

A vacinação contra a dengue na província fronteiriça começou na segunda quinzena de janeiro, representando a primeira campanha pública de imunização em grande escala no território argentino.

Nas semanas inaugurais, as doses estavam disponíveis apenas para os moradores entre 20 e 40 anos. Posteriormente, o público-alvo foi expandido para todas as pessoas com idade entre 20 e menos de 60 anos.

A vacina utilizada na Argentina é a produzida pela farmacêutica japonesa Takeda (Qdenga), que também está sendo aplicada no Brasil, mas limitada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a crianças e adolescentes com idade entre 10 e 14 anos.

Todos os anos, Misiones é uma das áreas mais afetadas pela dengue na Argentina, em razão de fatores como o clima subtropical e a proximidade com localidades do Brasil e do Paraguai onde a doença é considerada endêmica.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.