Marco das Três Fronteiras

Revitalizado, o Marco das Três Fronteiras do lado argentino, em Puerto Iguazú, ganhou um show de luzes e águas. O espetáculo das fontes dançantes tem duração de oito minutos e pode ser apreciado à noite às 20h, às 21h e às 22h. O obelisco identifica o ponto de encontro entre o Brasil, o Paraguai e a Argentina no entroncamento dos rios Iguaçu e Paraná.

Ler mais

Reservas biológicas

Essa área, que tem três parques nacionais como referência, é cortada pelos rios Paraná e Iguaçu, além do lago de Itaipu, e sua proteção é garantida por medidas conservacionistas da Itaipu Binacional e dos governos dos três países. Detalhe: a maior parte desta área foi colocada sob proteção da lei somente a partir da década de 80.

Ler mais

Trilhas de aventura

No Parque Nacional Iguazú, o turista pode ter um contato ainda mais próximo com as matas dessa unidade de conservação através de três opções de passeios: Safari en la Selva, Safari a la Cascada e Bird Watching (Observação de Pássaros). Todos são guiados por profissionais da Explorador Expediciones, única agência autorizada a operar incursões dentro da reserva ambiental.

Ler mais

Missões jesuíticas

A Argentina possui um dos mais importantes registros da cultura missioneira distribuídos entre as ruínas de San Ignácio, San Ignácio Mini, Candelária, Santa Ana, Nuestra Señora de Loreto, Santa Maria e San Carlos. Consideradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, os trabalhos de preservação possibilitam a observação da monumentalidade dos vestígios de uma parte da história do povo guarani que viveu na região no século XVII.

Ler mais

Arapuca gigante

Usar uma arapuca para despertar a consciência ecológica pode parecer paradoxal, mas foi justamente essa a estratégia adotada por um casal de argentinos. Otto Waidelich e Irma Sommerfeld, ambos de 45 anos, são os pais de La aripuca , uma réplica gigante de armadilha usada para aulas ambientais, em Puerto Iguazú, na fronteira com Foz do Iguaçu.

Ler mais
error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.