Ministério Público apreende em Ciudad del Este falso “melzinho do amor”

De loja em loja, o Ministério Público apreendeu caixas e caixas do produto. Foto MP do Paraguai

A promotora Nilsa Torales, da Unidade Especializada de Casos Puníveis contra a Propriedade Intelectual, apreendeu produtos da marca Vital Honey, no comércio de Ciudad del Este.

A suspeita é que o chamado “melzinho do amor” tenha sido falsificado.

Segundo publicação na página do Ministério Público paraguaio no Facebook, foram apreendidas 2.900 doses do produto.

As doses estavam distribuídas em 228 caixas, algumas com 15 gramas e outras com 10 gramas.

No caso de falsificação, o problema é mais grave porque se trata de produtos para consumo humano, conforme a promotora.

Assim, a fiscalização vai se estender para além da questão da propriedade intelectual, mas também para a área que compete à saúde do consumidor.

O produto estava à venda em várias lojas de Ciudad del Este. Foto MP Paraguai

“MELZINHO DO AMOR”

No Brasil, os produtos Vital Honey são proibidos.

A Anvisa, no dia 17 de maio deste ano, publicou resolução que proíbe “a comercialização, distribuição, fabricação, propaganda e uso do produto Vital Honey (Melzinho do Amor)”.

Na resolução, a Anvisa informava que o produto estava à venda no Mercado Livre.

E acrescentava que haveria ações de fiscalização em estabelecimentos físicos ou eletrônicos que comercializem ou divulguem qualquer produtos da marca Vital Honey.

Segundo a Anvisa, embora o produto seja classificado como medicamento, não possui o devido registro, o que representa risco para o consumidor.

O tal produto, conhecido como “melzinho do amor”, nada mais é do que um “afrodisíaco natural”.

Na embalagem, lê-se que o “produto japonês” é fabricado na Malásia. Foto MP do Paraguai

“ATORES E ATRIZES PORNÔS” COMPROVAM

E basta uma busca no Google pra se observar que há diversos sites oferecendo Vital Honey.

Num desses sites, a propaganda chama a atenção.

Afrodisíaco natural, sem contraindicações, comprovado por atores e atrizes pornô. Preços especiais para revendedores (compra em atacado). Entre em contato conosco. Entregamos em todo Brasil. Melhores preços. Privacidade garantida.

COISA DE JAPONÊS

Em 2017, o Jornal do Autódromo trazia matéria (ou anúncio na forma de matéria) que falava de um “produto natural criado por japoneses (que) aumenta o desempenho sexual”.

Era o Vital Honey Vip, “que promete resolver o problema de falta de apetite sexual e ejaculação precoce sem os efeitos de similares químicos como o Viagra, por exemplo”.

O que depois ficou conhecido como “melzinho do amor” seria uma mistura de caviar em pó com o “mel da montanha”, além de ingredientes como a “erva de Tonki Ali”.

Funciona? Teria talvez que perguntar pros “atores e atrizes pornôs” citados naquele anúncio.

Se tem procura? Bom, se está à venda em lojas de Ciudad del Este, é porque há muitos brasileiros interessados.

Mas ainda bem que pelo menos os falsificados foram apreendidos. O que eles teriam no lugar do caviar, do “mel da montanha” e da “erva de Tonki Ali”?

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1047 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ