Paraguai confirma focos de ferrugem asiática em lavouras de soja

Folha afetada pelo fungo da ferrugem asiática. Imagem: Mauricio Meyer / Embrapa.

Plantações afetadas estão em quatro municípios do Alto Paraná, próximo à fronteira com Brasil e Argentina.

O Serviço Nacional de Qualidade e Salubridade Vegetal e de Sementes (Senave), do Paraguai, confirmou, nessa sexta-feira (22), a detecção de focos de ferrugem asiática em lavouras de soja na Região Leste do país. A praga, provocada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, afeta a produção e gera perdas milionárias ao setor agrícola.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Os focos foram encontrados em fazendas de Los Cedrales (a 30 quilômetros da fronteira com Foz do Iguaçu), Santa Rosa del Monday, Paranambú (fronteira com a Argentina) e San Cristóbal. As cidades fazem parte do departamento (estado) fronteiriço de Alto Paraná, o principal produtor de soja no país.

As recomendações do Senave aos proprietários, técnicos e agentes sanitários são para que redobrem as medidas de controle para o manejo integrado da doença, de forma a detectar o problema em sua etapa inicial, fazer a aplicação de fungicidas e eliminar as plantas hospedeiras da ferrugem asiática.

O principal sintoma da praga é o aparecimento de manchas escuras nas folhas de soja, prejudicando o desenvolvimento normal e afetando o surgimento dos grãos. Os primeiros relatos do problema em pés de soja na América do Sul foram feitos de forma simultânea, no Brasil e no Paraguai, no ano de 2001.

O Paraguai é um dos maiores exportadores de soja do mundo, chegando a ocupar, nos anos de melhor colheita, a terceira posição no ranking global. A atual safra, afetada negativamente por fatores como a estiagem, deve render pouco mais de 3,4 milhões de toneladas do grão, ante expectativa inicial de 10,5 milhões no início do plantio.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.