Polícia Federal aperta o cerco contra o contrabando na fronteira

Ponte da Amizade, na fronteira do Brasil com o Paraguai - Foto: Marcos Labanca

Às vésperas do Natal, PF intensifica a atuação na principal porta de entrada ilegal de mercadorias no país: as Três Fronteiras.

Durante o mês de dezembro, policiais federais intensificam as ações de combate e prevenção ao contrabando e descaminho em uma das principais portas de entrada terrestre de mercadorias no país, que é a região das Três Fronteiras. A atuação ocorre em conjunto com outras forças de segurança e fiscalização.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Segundo a PF, com as festas de fim de ano, a demanda por produtos importados cresce significativamente. Esse aumento de ilícitos “incentiva a atuação de quadrilhas especializadas na internalização de produtos de forma ilegal, suprimindo o pagamento de tributos e trazendo prejuízos ao poder público”, informa a corporação.

Mulher transportava eletrônicos presos ao corpo – Foto: Divulgação

Entre as recentes abordagens na fronteira, policiais detiveram, nessa terça-feira, 21, uma mulher que transportava eletrônicos presos ao corpo por uma cinta elástica. Foram apreendidos celulares e câmeras fotográficas com a passageira, que foi encaminhada, com a mercadoria, para a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu. A mulher estava em um ônibus interestadual com destino a São Paulo.

Durante outra ação contra o contrabando e descaminho, a PF prestou apoio na escolta e segurança a um comboio de ônibus de turismo que foi fiscalizado pelos auditores fiscais. O veículo e a mercadoria foram encaminhados à sede da Receita Federal.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.