Feita em casa. É de Foz a segunda melhor cerveja caseira do Paraná

Cervejas paranaenses disputarão a 1ª Copa Brasil, em novembro - Foto: Divulgação

Entre 140 rótulos, a receita iguaçuense conquistou a prata no concurso da Associação dos Cervejeiros Artesanais Paranaenses.

Entre 140 produções inscritas, o X Concurso Paranaense de Cervejas Feitas em Casa ranqueou as melhores bebidas de cervejeiros artesanais, nesse final de semana. O primeiro lugar do Best of Show, que define os três melhores rótulos do evento, ficou com o curitibano Jean Nascimento, que elaborou a “Grand Cru 2019”, no estilo Wild Specialty Beer, maturada por dois anos.

Foz do Iguaçu ficou com a segunda colocação, com a cerveja “Arlovi Rauchbier”, no estilo Rauchbier, do cervejeiro Plati Pedraja. Já o terceiro lugar foi para Maringá, com Flávio Meneguetti, responsável pela “Meu Porão”, no estilo Kellerbier.

Empresário que aprendeu a arte em 2008, retomou ao ofício em 2017, após breve pausa, Plati Pedraja contou ao H2FOZ que começou a pensar em participar de concursos no final do ano passado, incentivado pelo amigo Ándre Tochetto, também cervejeiro. De cara, conquistou a “medalha de ouro” em uma competição realizada em Cianorte (PR).

“De lá para cá, mandei algumas amostras que faço em casa, e já ganhei cinco medalhas”, revelou. No mês passado, Plati venceu o BOS da Acerva Paraguai, na categoria “Caseros”, com a melhor cerveja da competição.

“É um hooby que requer muito estudo e dedicação, mas e gratificante”, disse. “Mês que vem tem a Copa Brasil com os classificados estaduais. É muito difícil ganhar algo, já que todos os participantes são medalha de ouro, mas vou aguarda o resultado ansioso”, revelou Plati Pedraja, confiante.

O estilo Rauchbier, do rótulo iguaçuense, tem como principais características o “caráter defumado de madeira, aroma e sabor de malte defumado”, segundo o portal Clube do Malte. Conforme a descrição do site, o sabor lembra muito o bacon ou embutidos.

O concurso de cervejas feitas em casa, promovido em Curitiba (PR), é realizado pela Associação dos Cervejeiros Artesanais Paranaenses (Acerva). Na edição deste ano, contou com o apoio do Centro Europeu.

“Nove vencedores vão participar da Copa Acerva Brasil”, informou a Acerva. Foram classificados os ouros de cada categoria, entre elas: Lagers Claras; Amber Lager, Dark Lager & Bock; Pales Ales; IPAs e Amber Ale & Brown Ale. A 1ª Copa Brasil vai acontecer em Brasília (DF), nos dias 6 e 7 de novembro.

Para o presidente da associação, Lenir Filho, as cervejas paranaenses têm todas as condições para serem vitoriosas na Copa Brasil. “Os resultados expressam uma franca evolução do cervejeiro caseiro, com cervejas cada vez mais elaboradas e bem executadas”, aposta.

O resultado de cada categoria está disponível em: https://bit.ly/2YOjAYx.

O cervejeiro Plati Pedraja, de Foz do Iguaçu, ficou com a prata no concurso estadual – Foto: Divulgação

(Com informações da assessoria)

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1348 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ