Logística e infraestrutura para a integração e novos tempos

O Porto Seco em Foz do Iguaçu, o maior da América Latina em movimentação de cargas - Foto: Marcos Labanca/Arquivo

*Danilo Vendruscolo

A largada rumo ao Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável (FILMS) ocorreu com a sua apresentação aos principais atores econômicos, acadêmicos, sociais e governamentais das Três Fronteiras, do Paraná e do país. Cumpriu-se uma etapa indispensável para inserir o evento na agenda de segmentos determinantes.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Com o apoio e patrocínio da Itaipu Binacional, o Instituto Poloiguassu como entidade executora e a ACIFI como promotora, o fórum será realizado de 11 a 14 de maio, tendo Foz do Iguaçu como sede, mas solidificado em todo o estado e na Região Trinacional Ampliada. Esse território fronteiriço abrange Paraná, no Brasil; Alto Paraná, no Paraguai; e Misiones, na Argentina.

O Fórum Internacional de Logística é baseado no binômio integração e novos tempos, já que por conta de investimentos em projetos estruturantes a região trinacional caminha para ser, em quase nada de tempo, um hub logístico, comercial e turístico na América do Sul. Falamos de um ciclo sustentado de desenvolvimento e oportunidades.

Logística é a entrega de determinado produto na quantidade, prazo e lugar adequados às demandas e necessidades coletivas. Para essa operação, é necessário infraestrutura. Por isso, o esforço de construir um fórum pioneiro, que antevê a intermodalidade e a multimodalidade, envolvendo os meios rodoviário, ferroviário, fluvial, marítimo e aéreo.

Danilo Vendruscolo, coordenador do fórum – Foto: Marcos Labanca

É que o fórum visa a formar alianças para impulsionar o Corredor Bioceânico de Capricórnio, conexão estratégica entre os portos de Paranaguá (Brasil) e Antofagasta (Chile), conformando uma malha que alcança Argentina, Paraguai e Uruguai. A ideia é diminuir custos logísticos e de transporte, dando agilidade e segurança à movimentação de produtos e pessoas.

O Fórum de Infraestrutura e Logística discutirá soluções comuns para integrar os países, a fim de nivelar procedimentos em aduanas e eliminar diferenças normativas. O foco é demandar políticas de Estado, envolvendo os entes do poder público, setor produtivo e empresarial, universidades, pesquisadores e sociedade civil organizada.

O evento acontecerá num momento em que infraestrutura e logística são palavras de ordem de corporações e países que apontam seus projetos para o futuro. Vejamos: o frete marítimo internacional subiu 700% na pandemia – o aeroviário também ficou mais caro –, registrou-se escassez de contêineres e até engarrafamento de navios nos mares.

Enquanto isso, um caminhão de transporte internacional consegue rodar não mais que sete mil quilômetros por mês, devido à burocracia ou falta de investimentos, diante de 12 mil quilômetros cumpridos por uma carreta em âmbito interno, nacional. É preciso desatar esses nós com a ampliação e a conexão dos modais, sob a integração dos países do continente.

“Poucas áreas territoriais dispõem dos recursos como a região trinacional. São três aeroportos em um raio de apenas 25 quilômetros, pontes internacionais e uma posição geográfica vantajosa.”

E poucas áreas territoriais dispõem dos recursos como a região trinacional. São três aeroportos em um raio de apenas 25 quilômetros, pontes internacionais e uma posição geográfica vantajosa. E, para breve, a extensão da malha da Ferroeste e o novo porto seco em Foz do Iguaçu amplificarão essas fortalezas.

Nessa fase de edificação, a coordenação do Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável convida as instituições e lideranças para somar, difundindo o evento, debatendo suas metas e organizando a participação desde já. Caminhando juntos, há a certeza de que os objetivos serão conquistados e compartilhados.

*Danilo Vendruscolo é economista, empresário, vice-presidente da ACIFI e coordenador do Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

OPINIÃO

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do H2FOZ. Quer divulgar a sua opinião. Envie o seu artigo para o e-mail [email protected]