13º salário, Ônibus elétricos e Verão Maior Paraná

Coluna da Associação dos Jornais Diários do Interior, quinta-feira, 21 de dezembro de 2023.

Apoie! Siga-nos no Google News

13º salário
O pagamento do 13º salário está impulsionando as vendas de Natal no Paraná.  Segundo o Dieese, 2,7 milhões paranaenses são beneficiados com um rendimento médio de R$ 3.752,00. Considerando as duas parcelas, o 13º salário deve injetar quase R$ 10 bilhões na economia estadual.

Varejo paranaense
Números divulgados pela Fecomércio-PR apontam que as vendas no varejo vêm aumentando nos últimos meses. As vendas do varejo no Paraná aumentaram 1,68% em outubro, na comparação com o mês de setembro. Segundo a pesquisa conjuntural, o setor de livrarias e papelarias registrou o melhor desempenho do mês, com alta de 18,29%. Seguido pelas lojas de departamento com alta de 7,32%, concessionárias de veículos 5,41%, óticas, cine-foto-som 4,22% e farmácias 1,16%.

Cívico-militares
O Paraná terá 312 escolas estaduais cívico-militares em 2024. Foram concluídas esta semana as consultas públicas realizadas em escolas do Paraná sobre a adesão ao modelo. Foram 83 novas adesões, atualmente são 194 colégios que funcionam nesta modalidade e os 12 do modelo do programa nacional.

Conferências
O secretário estadual de Justiça e Cidadania, Santin Roveda (União Brasil), reuniu as principais entidades representativas da causa migratória para elaboração do cronograma anual das conferências municipais. As conferências municipais, juntamente com as conferências estaduais, são etapas que antecedem a Conferência Nacional da Migração, Refúgio e Apatridia – prevista para acontecer no segundo semestre de 2024.

Nulidade
O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a nulidade absoluta de todos os atos praticados contra o ex-governador Beto Richa (PSDB). Richa estava sendo investigado nas operações: Lava Jato, Rádio Patrulha, Piloto, Integração e Quadro Negro.  Na decisão, Toffoli destacou uma citação de Richa, que fala que houve atuação ilícita na Lava Jato.

Ônibus elétricos
Após o projeto de lei ter sido aprovado na Câmara de Curitiba, os ônibus elétricos devem começar a rodar no transporte coletivo a partir de maio de 2024. A proposta, que prevê investimento de R$ 317 milhões, ainda deve ser sancionada pelo prefeito Rafael Greca.

Ônibus elétricos II
Os veículos serão adquiridos pelas empresas do transporte coletivo, com subsídio da Prefeitura e retornarão ao município em 2025, quando se encerra o atual contrato de concessão. Ao longo de 16 anos, a aquisição dos 70 ônibus elétricos representará uma economia de custos da ordem de R$ 147 milhões em relação à compra dos mesmos 70 ônibus a diesel.

 Infância Feliz
O líder do Governo na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), o deputado estadual Hussein Bakri (PSD), foi o relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do projeto de lei que cria o Programa Infância Feliz Paraná. A proposta prevê a construção de 86 creches, de até 300 metros quadrados, em municípios com menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) no Estado. Serão investidos mais de R$ 140 milhões nas obras, com execução prevista já a partir de 2024.

Verão Maior Paraná
Verão Maior Paraná 2023-2024 deve atrair mais turistas do que na temporada anterior.  Nesta temporada, os veranistas já poderão perceber da revitalização da orla de Matinhos, que está 89% concluída, e o início da construção da emblemática ponte entre Guaratuba e Matinhos.

Verão Maior Paraná II
O secretário estadual do Esporte, Helio Wirbiski, que coordena o Verão Maior Paraná, explica que o projeto foi planejado por oito meses e contou com a participação de todas as áreas do Governo do Estado e apoio dos municípios. O resultado está consolidado no site oficial do projeto com toda a programação.

Eleição suplementar
Pesquisa eleitoral do Instituto Véritas indica que numa eventual eleição suplementar para o Senado paranaense, caso Sérgio Moro (União Brasil-PR) perder o mandato, três nomes despontam como preferidos para a vaga. São eles: ex-senador Alvaro Dias (Podemos), o prefeito de Curitiba Rafael Greca (PSD) e a ex-primeira dama Michelle Bolsonaro (PL).

Nona economia
De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), com previsão de crescimento de 3,1% no Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, o Brasil saltará duas posições e se tornará a nona economia do mundo em 2023. Com isso o país deverá encerrar o ano com PIB nominal de US$ 2,13 trilhões, ultrapassando o Canadá, com PIB estimado em US$ 2,12 trilhões.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

LEIA TAMBÉM