Na Sanepar, Dia do Desafio, “Sangue bom” e Alistamento feminino

Coluna da Associação dos Jornais Diários do Interior, 4 de junho de 2024

Apoie! Siga-nos no Google News

Na Sanepar
Wilson Bley Lipski toma posse como novo diretor-presidente da Sanepar. Ele assume o lugar de Cláudio Stabile, que vai para a Secretaria de Administração e Previdência. Jr. Wilson Bley Lipski atuou no Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul entre 2019 e 2024 como diretor de Operações, presidente e diretor Financeiro.

Dia do Desafio
O Dia do Desafio, realizado na quarta-feira (29), mobilizou 3.264.136 participações no Paraná. Realizada pelo Sesc PR, a campanha de combate ao sedentarismo, pelo segundo ano consecutivo, atingiu todos os 399 municípios paranaenses, onde teve alguém que aceitou o desafio de se movimentar por no mínimo 15 minutos.

PSS
A UEPG abriu um Processo Seletivo Simplificado (PSS) para preencher 22 vagas de professores colaboradores, mais formação de cadastro reserva. O PSS vai contratar profissionais com graduação, especialista, mestre e doutor. O salário varia conforme a titulação e regime de trabalho. Interessados têm entre 3 e 13 de junho para realizar a inscrição pela internet.

“Sangue bom”
A Sesa lançou a campanha “Paraná, terra de sangue bom” para incentivar as doações de sangue durante o Junho Vermelho, mês de conscientização sobre a importância da doação – 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue. Somente neste ano, o Paraná registrou 83 mil doações de sangue. Durante todo o ano passado, foram mais de 187 mil.

Emprego
As Agências do Trabalhador do Paraná e postos avançados começam a semana com a oferta de 15.603 vagas de emprego com carteira assinada no Estado. A maior parte é para alimentador de linha de produção, com 3.729 oportunidades. Interessados podem agendar atendimento prévio no site da Secretaria Estadual do Trabalho.

Mobilidade
O presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) afirmou que os senadores devem votar nesta semana o projeto que cria o Programa Mobilidade Verde. O programa vai incentivar a descarbonização na produção de veículos e, para isso, prevê incentivos de mais de R$ 19 bilhões em cinco anos, além da redução do IPI, para estimular a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico para produção de veículos com menor emissão de gases do efeito estufa, como carros e bicicletas elétricos.

Alistamento feminino
As Forças Armadas do Brasil permitirão, pela primeira vez na história, o alistamento militar feminino em 2025. A decisão, do ministro José Múcio Monteiro (Defesa) foi tomada em conversa com os comandantes militares. “Queremos mulheres armadas até os dentes”, afirmou o ministro à Folha de S.Paulo, destacando que a inclusão não será limitada a funções administrativas ou de enfermagem. Não tem ainda o número de vagas disponíveis. Múcio expressou o desejo de aumentar gradualmente as vagas até alcançar 20% do total de 85 mil disponíveis anualmente.

Somos contra
A Comissão de Segurança Pública do Senado aprovou a audiência pública para debater os impactos da liberação de jogos de azar na segurança pública. A reunião atende a requerimento do senador Eduardo Girão (Novo-CE), que é contrário ao projeto de lei que libera a exploração de cassinos e bingos, entre outros jogos do gênero. Não há data marcada para as audiências.

Situação no RS
O nível do Guaíba, em Porto Alegre, subiu mais de 30 centímetros desde a manhã de domingo e atingiu 3,79 metros nesta segunda-feira, ficando novamente acima da cota de inundação, que é de 3,60 metros. No dia anterior, as águas do lago marcavam 3,46 metros, o menor patamar em um mês, mas fortes ventos fizeram a marca aumentar novamente.

Presidente mulher
México elege a primeira presidente mulher de sua história. Claudia Sheinbaum vai suceder a López Obrador, que é seu padrinho político. As presidenciais foram marcadas por alta violência em várias regiões do país. Ao menos 37 candidatos foram assassinados desde o início do ano, segundo levantamento da organização independente Laboratório Eleitoral.

­Troca de comando
A ministra Cármen Lúcia toma posse como nova presidente do TSE, sucedendo Alexandre de Moraes no cargo. O ministro Kassio Nunes Marques assumirá o posto de vice-presidente e a desembargadora e escritora Andréa Pachá será a nova secretária-geral da Corte. No seu biênio à frente do Tribunal Superior Eleitoral, Cármen comandará as eleições municipais deste ano e a preparação para o pleito de 2026, que terá Nunes Marques no comando do TSE.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.