Operação recolhe 6 veículos com mercadorias ilegais na fronteira

Foram apreendidos eletrônicos que estavam em fundo falso, medicamentos e suplementos, totalizando cerca de R$ 150 mil.

Apoie! Siga-nos no Google News

Durante o fim de semana na fronteira, ações resultaram na apreensão de seis veículos que transportavam mercadorias ilegais na região. Foram recolhidos cargas de eletrônicos, medicamentos e suplementos.

LEIA TAMBÉM:
Caminhoneiro é preso com carga de celular do Paraguai que passa de R$ 250 mil
Fronteira faz Paraná bater recorde histórico em apreensão de maconha

As abordagens foram no contexto da Operação Fronteira RFB – Força-Tarefa, encabeçada pela Receita Federal do Brasil. Forças de segurança também atuam no combate a ilícitos na região.

Na madrugada de sábado, 25, os servidores abordaram quatro carros em Medianeira, na Região Oeste. Neles, estavam cerca de 10 mil dólares (R$ 50 mil) em eletrônicos, e dez caixas de medicamentos e suplementos.

O destino final do produto seria Cascavel, registrou a Receita Federal. A “ação resultou na prisão de um dos condutores”, complementou o órgão de fiscalização.

Eletrônicos

Com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, a operação apreendeu mais dois veículos, sendo:
Abordagem em Céu Azul, com aproximadamente 20 mil dólares (R$ 100 mil) em eletrônicos. “As mercadorias estavam armazenadas em um fundo falso no veículo e tinham como destino o Rio Grande do Sul”, informou a Receita Federal.

Ocorrência no posto da Polícia Rodoviária Federal em Lindoeste, com o mesmo destino e o mesmo tipo de mercadoria localizada em fundo falso.

Presença do Estado na fronteira

O objetivo da Operação Fronteira RFB é inibir atividades ilícitas na região fronteiriça e reforçar a presença do Estado. A atuação abrange a área que conecta Brasil, Argentina e Paraguai, em Foz do Iguaçu e municípios vizinhos.

LEIA TAMBÉM