Dentro de alguns meses a ponte voltará a ter o movimento de antes da pandemia. Foto DNIT

Puerto Iguazú inicia criação de protocolo para reabertura da fronteira

Isso deverá ocorrer gradualmente, a partir de outubro. Mas só em dezembro voltará a ser como era antigamente.

Autoridades da província de Misiones e do município de Puerto Iguazú já estão trabalhando para criar um protocolo que permita a reabertura da fronteira com Foz do Iguaçu, noticia o portal El Territorio, de Posadas.

Inicialmente, a entrada em Puerto Iguazú seria exclusiva para os brasileiros com reservas hoteleiras, em restaurantes e nos atrativos turísticos do lado argentino.

Mas os operadores de turismo de Puerto Iguazú consideram que a elaboração do protocolo é o pontapé inicial para a volta da atividade. Alguns acreditam que a abertura total será em dezembro.

O presidente do Iguazú Turismo Ente Municipal (Iturem), Leopoldo Lucas, considerou positiva a intenção de fazer uma experiência piloto para a reabertura, como reivindicou ao presidente Alberto Fernández o governador Oscar Herrera Ahuad.

“O governador se referiu a um corredor com passaporte sanitário, com certificado de vacinação e teste negativo, em linha com outras experiências que já estão ocorrendo em outros destinos do mundo”, disse Lucas.

E completou: Nós vemos como algo positivo a abertura. Da forma que seja, é importante que o tema seja discutido”.

Mas o que interessa a Puerto Iguazú, de fato, é mesmo o comércio fronteiriço, em que os moradores de Foz ou de Ciudad del Este frequentem o supermercado, a vinoteca, os restaurantes e locais tradicionais.

O empresário Jorge Antonio, da Associação Gastronômica Hoteleira e Afins de Puerto Iguazú, em entrevista à rádio Radiocativa 100.7, disse que a definição de um protocolo de reabertura “é a melhor notícia que poderíamos receber”, já que há alguns meses nem se falava disso.

EMBAIXADOR E MINISTRO

O embaixador Daniel Scioli com o ministro Gilson Machado. Foto Embaixada da Argentina (publicada no portal El Independiente Iguazú

O portal El Independiente Iguazú, de Puerto Iguazú, traz outra informação sobre a reabertura da fronteira.

A Embaixada Argentina no Brasil informou, segundo o portal, que o embaixador Daniel Scioli se reuniu em Brasília com o ministro de Turismo, Gilson Machado, justamente para discutir medidas para reimpulsionar o turismo entre os dois países na fase pós-pandemia.

O ministro e o embaixador concordaram que o impacto positivo da vacinação e a redução dos casos em ambos os países já permite antever a volta do turismo regional.

No encontro, o embaixador fez contato com o ministro argentino de Turismo e Esportes, Matías Lammens, e houve um acordo entre os ministros para uma reunião no próximo Encontro de Ministros de Turismo do Mercosul, que será na cidade de Recife (PE), nos dias 21 e 22 de outubro.

Em entrevista à rádio Mitre, o ministro argentino informou que estão sendo estudadas medidas para atrair turistas regionais. Uma delas poderia ser uma redução no custo das passagens, pela empresa Aerolíneas Argentinas.

O desconto pode chegar a 100%, com base no período de estadia pretendido pelo turista.

O ministro disse que a maior parte dos turistas estrangeiros que visitam a Argentina vem de países da região, principalmente Brasil, Chile e Uruguai.

HIPÓTESES

Com base nas informações da imprensa argentina, é possível imaginar que em outubro já esteja em vigor o protocolo sanitário que permitirá ao brasileiro vacinado ou que apresente teste negativo para covid-19 se hospedar em Puerto Iguazú.

A reabertura iria sendo ampliada gradualmente, até em dezembro a fronteira entre Puerto Iguazú e Foz do Iguaçu estar totalmente liberada.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 991 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.