Consórcio vence licitação para duplicar Rodovia das Cataratas com valor de R$ 129,6 milhões

Após período aberto para eventuais recursos, deverá ser assinado contrato – Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Obra abrange trecho de 8,7 quilômetros, do trevo do Carimã à entrada do Parque Nacional do Iguaçu, uma nova ponte e quatro viadutos.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) anunciou, nessa sexta-feira, 10, o resultado da licitação para duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469). O Consórcio Dalba/Bandeirantes foi classificado com a proposta mais vantajosa, no valor de R$ 129,6 milhões.

Segundo o órgão estadual, responsável pelo certame, depois do período aberto para eventuais recursos, o processo será encaminhado para homologação. A previsão é que o contrato seja assinado até julho, e a obra tem previsão de 18 meses para ser concluída.

Via turística, a BR-469 é a única de acesso ao Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu. O trecho previsto para ser duplicado é de 8,7 quilômetros, do trevo do Carimã, que leva à Ponte Tancredo Neves Brasil–Argentina, ao portão de entrada na unidade de conservação. Os recursos para a obra são da Itaipu Binacional.

A publicação do resultado “dá início ao período de recursos das outras participantes quanto ao resultado e contrarrazões do consórcio vencedor, caso algum recurso seja apresentado”, informa o DER/PR. Se isso ocorrer, o órgão “vai analisar todos os argumentos protocolados para tomar a decisão final”.
O projeto de duplicação da Rodovia das Cataratas contempla:

  • duplicação de 8,7 quilômetros, no trecho entre o trevo do Carimã (acesso para a Ponte Tancredo Neves) e a entrada do parque;
  • quatro viadutos, incluindo para acesso ao aeroporto;
  • nova ponte sobre o Rio Tamanduá; e
  • implantação de vias marginais, passeios, ciclovia, passa-faunas e iluminação com LED.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

-->