Polícia apreende 400 quilos de fio de cobre em operação contra receptação em Foz do Iguaçu

Produto foi avaliado em R$ 15 mil e uma pessoa foi presa; furtos em áreas públicas e empresas resultam em prejuízo e transtorno.

Apoie! Siga-nos no Google News

As forças de segurança realizaram a Operação Fios de Cobre em Foz do Iguaçu, nesta quinta-feira, 27, visando a identificar possíveis receptadores de material sem procedência. A ação ocorreu em empresas que trabalham com sucatas de fios de cobre e fiação elétrica e de telefonia.

Os espaços comerciais vistoriados foram elencados durante levantamento prévio realizado pelo setor de inteligência. A operação conjunta reuniu contingente do 14.º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e da Guarda Municipal (GM), assim como fiscais e técnicos de secretarias municipais.

A operação teve como objetivo “abordar e fiscalizar estabelecimentos que comercializam sucatas e afins, como forma de coibir a compra e a venda de materiais provenientes de ilícitos”, informou a Polícia Militar. O furto de fiação em empresas e espaços públicos traz prejuízo e transtornos para comerciantes e a população, que é cerceada dos serviços.

Como resultado da Operação Fios de Cobre, um suspeito foi detido e a apreensão totalizou 420 quilos de fio de cobre sem a confirmação da procedência, com valor estimado em R$ 15 mil. Em duas semanas, essa foi a segunda ação das forças de segurança contra a compra e venda da fiação.

O problema é tema de propostas legislativas no Congresso Nacional, que propõe tornar mais duras as punições aos envolvidos. Críticos das propostas chamam atenção para a questão social que deve ser inserida no debate, considerando as condições das pessoas que são presas furtando fio elétrico e de telefonia.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.