Luiz Henrique Dias

Candidato do PT derrotado na eleição para prefeito de Foz ocupará diretoria da Câmara

Quando o assunto é política, perder nem sempre tem significado absoluto. Nesse meio, de códigos próprios que muitas vezes soam mal aos ouvidos – e ao fígado – do contribuinte, isto é, do cidadão, vitórias podem ser minimizadas, e derrotas, potencializadas. Tudo depende do contexto e de uma dose de conveniência, acrescente-se.

Repare, sem torcer o nariz. O candidato a prefeito de Foz do Iguaçu pelo PT, Luiz Henrique Dias, derrotado nas eleições municipais, ocupará uma diretoria na Câmara de Vereadores. A nomeação é do presidente do Legislativo, o vereador Ney Patrício, que é do PSD, a mesma agremiação do prefeito Chico Brasileiro e do governador Ratinho Junior.

Não. PT e PSD não eram aliados no pleito municipal de outubro passado, por óbvio. O PT, com Luiz de candidato, obteve 2.884 votos, ficando na sexta colocação, entre oito postulantes à prefeitura. O PSD venceu, reelegendo Brasileiro. Dá para dizer que o petista perdeu, mas não deixou de ganhar.

De acordo com a portaria da presidência da Câmara, publicada nesta quarta-feira, 13, no Diário Oficial do Município (DOM), Luiz Henrique Dias passa a exercer o cargo em comissão de diretor de Administração, com investidura na função a partir da data retroativa de 11 de janeiro. E ficam revogadas as disposições contrárias, diz o texto da nomeação.

Blog da Redação

Blog da Redação é de responsabilidade dos jornalistas do Portal H2FOZ. Veja mais mais conteúdo do autor.

Blog da Redação tem 0 posts e contando. Ver todos os posts de Blog da Redação