Blog pelo Paraná – Atividade econômica, Dia das Mães e Mais doses!

Mais doses!
O Ministério da Saúde confirmou na manhã desta sexta-feira (7) o quantitativo de doses da Coronavac da 18ª pauta de distribuição de imunizantes contra a Covid-19. Serão mais 57.800 doses, todas da chamada D2, a de reforço.  Essa remessa soma-se às 242 mil doses da vacina Covishield, da parceria AstraZeneca/Oxford, entregues nesta quinta-feira (6), e às 67.774 doses do imunizante Pfizer/Comirnaty/BioNtech.

Atividade econômica
O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) lamentou o fato de que o Brasil vive um verdadeiro desastre na saúde e na economia. Romanelli cita a pesquisa da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), ela revela que a atividade econômica no País teve queda de 6,7%, e os recentes dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), que mostram que 14,4 milhões de brasileiros estão fora do mercado formal.

Indústrias do PR
As indústrias de automóveis com planta no Paraná já estão com a produção normalizada. Houve um período de suspensão da produção, por conta do agravamento da pandemia. A decisão pela parada se deu em um contexto em que o estado, a exemplo de boa parte do país, atravessava o pior momento da crise sanitária, com hospitais colapsados e decretos de restrição de atividades.

Em ascensão
Com a necessidade de trabalho remoto e ensino a distância, as vendas de computadores cresceram mais de 40% durante a pandemia. O segmento de notebooks e desktops pode ter uma curva de crescimento nas vendas até 2024 similar à observada com os smartphones nos últimos cinco anos.

Dia das Mães
O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, fez um um apelo aos paranaenses para que redobrem os cuidados no próximo domingo, Dia das Mães. “Um ano e dois meses de pandemia, nós já sabemos o que a Covid-19 pode causar. A pandemia não acabou. O próximo domingo é Dias das Mães e mais uma vez a gente vem pedir, com respeito, todo cuidado. A imunização está acontecendo, mas o momento é de muito cuidado e cautela”, alertou o secretário.

Escoamento de grãos
Na fronteira do Brasil com o Paraguai, o Rio Paraná está com o nível 4,5 metros abaixo da média registrada em 2020. Isso tem prejudicado o escoamento da safra de grãos paraguaia, já que o rio é o único acesso que o país vizinho tem pela água até o Oceano Atlântico. A entidade que representa os exportadores no Paraguai diz que são quase R$ 2 bilhões em mercadorias paradas.

Remédio Covid
O Paraná pode receber mais uma pesquisa de remédio para Covid-19. O governo, através da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), negocia com um laboratório nacional para receber a fase de testes clínicos. Se for fechado o acordo, o estudo será feito com pacientes voluntários infectados com coronavírus nos quatro hospitais universitários do estado: Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Cascavel.

Remédio Covid II
O nome do laboratório que negocia com o governo do estado não pode ser divulgado. Se o acordo avançar, será o segundo medicamento de Covid-19 a ser testado no Paraná. Após participar da fase de testes de dosagem e segurança em 2020, o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (HC-UFPR) iniciou em abril a fase clínica de teste do remédio Molnupiravir, antiviral desenvolvido pelo laboratório Merck.

Preço do gás
Agepar aprovou a proposta da Compagas para reajuste de 21,2% do preço do gás, que será de R$ 1,5674/m³ até agosto. A Agepar destacou que se trata de repasse apenas parcial do aumento de 39% definido pela Petrobras. A Compagas, por sua vez, informou que o reajuste médio repassado aos consumidores será de 12,5%, variando entre 7,04% e 18,6%, a depender do segmento do mercado.

Patentes de vacinas
Após o anúncio dos Estados Unidos de que apoia uma renúncia temporária às patentes de vacinas contra Covid-19, o ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, afirmou que o Brasil está disposto a negociar uma nova proposta. Outros membros antes contrários, como União Europeia, Nova Zelândia, Reino Unido e Suíça se disseram dispostos a discutir uma nova proposta.

Publicidade
O Ministério da Saúde confirmou que o governo Bolsonaro divulgou uma campanha de publicidade com dados falsos sobre a compra de vacinas contra a Covid-19. Em resposta ao requerimento de informação apresentado pelo deputado federal do PDT, Gustavo Fruet (PR), a pasta negou a contratação total de 560 milhões de doses para o Programa Nacional de Imunizações.

Qualificação profissional
O plano do ministro Paulo Guedes (Economia) de conceder um pagamento aos jovens que não estudam e não trabalham para incentivar a qualificação profissional prevê uma quantia a ser arcada por empresas. Com isso, o valor recebido pela pessoa pode chegar a R$ 600. O desenho do programa e os valores ainda estão sendo estudados. Mas a previsão inicial é que de R$ 250 a R$ 300 sejam pagos mensalmente ao jovem participante.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Associação dos Diários do Interior – PR

A coluna “Pelo Paraná” é de responsabilidade da ADI-PR (Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná) Veja mais mais conteúdo do autor.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.