Blog pelo Paraná – Desenvoltura, Voto secreto, Colégios cívico-militares, Retomada parcial, Turismo, Crédito liberado e Recorde histórico

Desenvoltura
Deputado paranaense de confiança do presidente Jair Bolsonaro, Filipe Barros sobe os degraus da política de Brasília ao se dedicar a resolver arestas partidárias e políticas do PSL com o sabor da mineirice que a política brasiliense permite. O deputado, que representa Londrina, tem na proximidade de Bolsonaro as responsabilidades e missões confiadas pelo primeiro mandatário.

Missioneiro
Bolsonaro tem escalado Filipe Barros para exercer atividades parlamentares e políticas, que somente designa aos mais próximos (e claro, aos familiares!) o que dá uma responsabilidade redobrada. Sob sua responsabilidade estão inúmeras candidaturas a prefeito e vereadores, em várias regiões do Paraná. Estado que teve em Ney Braga, Souza Naves, Bento Munhoz da Rocha, Amauri Oliveira e Silva, Nelson Maculan, José Richa, Wilson Moreira, Mauricio Fruet e Euclides Scalco (fundadores do PSDB), Luiz Carlos Hauly (líder do presidente FHC), Osmar Serraglio (relator da CPI do Mensalão), um protagonismo à altura de seu potencial. Filipe Barros trilha o longo caminho de respeitabilidade em Brasília. Como bom paranaense afirma: “Luto pelo Brasil, brigo pelo Paraná e defendo Londrina e os municípios.”

Voto secreto
O senador Oriovisto Guimarães (Podemos) defende o projeto que prevê mudança no regimento interno para garantir a votação aberta na eleição da mesa diretora da Câmara Alta. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) prometeu trabalhar pelo fim do voto secreto, mas mudou de ideia. “O projeto tomou novo fôlego ao ser protocolado, pelo senador Lasier Martins, com requerimento de urgência”, afirma Oriovisto.

Colégios cívico-militares
A Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei que autoriza e regulamenta o funcionamento de até 200 colégios cívico-militares no Paraná. A implantação dos colégios será via consulta pública, em cidades com mais de 10 mil habitantes e em colégios com vulnerabilidade social, baixos índices de fluxo e rendimento escolar, e que não ofertem ensino noturno.

Transplante
O deputado Pedro Lupion (DEM) destacou o número de transplantes realizados no Paraná. “Mesmo com as dificuldades da pandemia do coronavírus o Paraná liderou as doações e transplantes de órgãos no Brasil neste primeiro semestre”, afirmou.

Retomada parcial
A Secretaria da Saúde do Paraná publicou resolução que permite que alunos de cursos técnicos e profissionalizantes, de graduação, em seus últimos dois anos, e pós-graduação em todas as áreas da saúde retomem as aulas presenciais. Segundo o secretário Beto Preto não há, neste momento, previsão de retorno total de atividades escolares presenciais.

Turismo
A Rota dos Pioneiros, maior trilha aquática do Brasil e que deve se tornar a maior do mundo, está retomando suas atividades. A rota é uma trilha de longo curso com a previsão de ter 400 quilômetros de extensão, conectando o Rio Paraná e seus afluentes, além de diferentes unidades de conservação do Oeste e Noroeste e também no Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Crédito liberado
O governo federal liberou a primeira parcela do programa emergencial de acesso ao crédito na modalidade de garantia de recebíveis. O programa facilita o acesso ao crédito durante a pandemia da covid-19 para pequenos negócios, que faturam até R$ 4,8 milhões por ano. A  primeira parcela do crédito será no valor de R$ 5 bilhões. 

Ministro no Paraná
A deputada Luíza Canziani (PTB) acompanhou o ministro Milton Ribeiro (Educação) em visita ao campus de Ciências Agrárias e ao Hospital Veterinário da UniFil de Londrina. “Fomos recepcionados pelo reitor Eleazar Ferreira e pudemos verificar a moderna estrutura montada para atender animais de pequeno e grande porte, além dos silvestres e exóticos. O hospital realiza cerca de 1,2 mil atendimentos por mês em prol da vida animal”.

Recorde histórico
O número de candidatos que vão disputar vagas de prefeito, vice-prefeito e vereador ainda nem foi fechado pela Justiça Eleitoral, mas já é o maior desde 2000, quando a votação no país foi 100% eletrônica pela primeira vez. O portal do TSE registra mais de 545 mil solicitações até o momento. 

Plano de mídia
Na próxima sexta-feira  (2), o TRE define com representantes de partidos políticos e de emissoras de rádio e televisão de Curitiba o plano de mídia e divisão do horário eleitoral para as eleições de novembro.

Renúncias
O TSE registra as primeiras baixas nas eleições municipais, que vão de renúncias, indeferimentos e até falecimentos. Do total de 544.288 candidaturas divulgadas já consta mais de 65 renúncias.

Na eleição
Levantamento da Câmara dos Deputados aponta que 66 parlamentares são candidatos a prefeito (59) ou vice-prefeito (7) nas eleições municipais deste ano. O número é inferior às duas últimas eleições municipais (2012 e 2016), quando 82 e 87 deputados, respectivamente, foram candidatos.

Covid nas eleições
Por causa da pandemia da covid-19, o TSE determinou que todas as 401 mil seções eleitorais terão álcool em gel para limpeza das mãos dos eleitores antes e depois da votação, e os mesários receberão máscaras, face shield (protetor facial) e álcool em gel para proteção individual.

Reforçando 
Também por causa da pandemia, a propaganda eleitoral gratuita em rádio e televisão só começa em 9 de outubro. A votação, que geralmente ocorria em outubro, foi adiada para os dias 15 e 29 de novembro – respectivamente, 1º e 2º turnos.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.
 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.