Medida foi publicada na manhã desta terça, no Diário Oficial da União - Foto: Marcello Casal/ABr

Governo federal prorroga Auxílio Emergencial até outubro

O benefício estava previsto para terminar em julho; decreto foi publicado nesta terça.

O governo federal determinou a prorrogação do pagamento do Auxílio Emergencial por mais três meses. O benefício, que tem um valor médio de R$ 250, estava previsto para terminar em julho, mas seguirá sendo pago até o mês de outubro.

O decreto estendendo a vigência do auxílio foi publicado no Diário Oficial da União, na edição desta terça-feira, 6. O recurso é para famílias de baixa renda, trabalhadores informais e microempreendedores afetados pela pandemia de covid-19. O cronograma para quem não é beneficiário do Bolsa Família será divulgado pela Caixa Econômica Federal.

Conforme o Ministério da Economia, o custo mensal do programa é de R$ 9 bilhões. O benefício, considerado abaixo do necessário por economistas e centrais sindicais, é um atenuante devido às condições econômicas no contexto da pandemia.

O Auxílio Emergencial foi proposto e aprovado pelo Congresso Nacional em março do ano passado, com valor de R$ 600, em cinco parcelas, pago em dobro para mulheres responsáveis pelo sustento da família. O programa passou a ser executado em abril pelo governo.

A administração federal prorrogou o benefício até dezembro de 2020, em parcelas de R$ 300 ou R$ 600. Neste ano, o auxílio foi instituído por medida provisória, concedendo parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil.

As famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1162 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ