Com quase 70 anos de ensino em Foz, Colégio Agrícola recebe inscrição para quatro cursos técnicos

H2FOZ – Paulo Bogler

Uma das instituições de ensino mais tradicionais de Foz do Iguaçu, fundada em 1953, o Colégio Agrícola está com inscrições abertas para quatro cursos técnicos. Os candidatos têm até 20 de novembro para inscrever-se exclusivamente de modo on-line, em colegioagricola.com.

Não há taxa para participar da seleção, e as formações são gratuitas. As vagas são para os cursos técnicos de:

Guia de Turismo

– modalidade: subsequente (pós-médio) 
– exigência: Ensino Médio completo
– duração: 1,5 ano 
– período: noturno
– vagas: 35 vagas

Meio Ambiente

– modalidade: subsequente (pós-médio) 
– exigência: Ensino Médio completo
– duração: 1,5 ano 
– período: noturno
– vagas: 35 vagas

Química

– modalidade: subsequente (pós-médio) 
– exigência: Ensino Médio completo
– duração: 2 anos 
– período: noturno
– vagas: 35 vagas

Agropecuária

– modalidade: integrado ao Ensino Médio
– exigência: Ensino Fundamental completo 
– período: integral (manhã e tarde) 
– vagas: 110 

A seleção dos estudantes está baseada na origem escolar, com pontuação maior para egressos de escolas públicas ou bolsistas da rede privada de ensino. O somatório também contempla a condição do candidato beneficiário de programas federais de transferência de renda e maiores de idade. 

O sistema de pontuação para ingresso nos cursos técnicos do Colégio Agrícola considera, ainda, as médias escolares, conforme manual do candidato que está disponível no site da instituição, e a nota da entrevista on-line, que será realizada no final de novembro.

O diferencial do ensino público e gratuito ofertado pela instituição de quase sete décadas é realçado pelo diretor pedagógico do colégio, Reginaldo Rodrigues Vicente. “Equipe de professores com formação profissional direcionada, setores e laboratórios específicos dos cursos, rede ampla de estágio, aulas práticas especializadas, formação de qualidade com ampla inserção no mercado de trabalho fazem a diferença”, expõe.

Formação e mercado de trabalho 

A equipe técnica do Colégio Agrícola acompanha a procura pelos cursos e a inserção de seus alunos no mercado do trabalho. A instituição apresenta uma radiografia por área de formação.

Agropecuária: egressos acessam universidades públicas e particulares, e profissionais são reconhecidos no mercado de trabalho no Brasil e Paraguai, nesse que é um dos ramos econômicos que mais crescem.

Química: laboratórios brasileiros e paraguaios procuram os egressos, farmácias de manipulação, controle de qualidade de empresas produtivas, órgãos públicos; concurso público é outra frente importante para os formandos.

Meio ambiente: atuação em órgãos públicos, principalmente por meio de concurso, agências ambientais, projetos ambientais, parques e zoológicos.

Guia de Turismo: habilita a carteirinha de guia de turismo, podendo atuar em toda a região com registro e crachá profissionais.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.