Médicos sem fronteiras: inscrição no Revalida termina nesta sexta

Provas são em duas estapas, abrangendo conhecimentos teóricos e práticos - Foto: Fabio Pozzebom/ABr

Exame tem o objetivo de validar diplomas médicos emitidos por instituições fora do país, como no Paraguai, destino de milhares de estudantes brasileiros.

O prazo de inscrição no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) termina nesta sexta-feira, 21. A aplicação da prova, que constitui a primeira etapa, está prevista para 6 de março deste ano.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

A inscrição pode ser feita na página do participante. A taxa de inscrição é de R$ 410. As provas serão aplicadas em oito capitais, incluindo Curitiba (PR).

O exame tem a finalidade de validar diplomas médicos expedidos por universidades de fora do Brasil, a exemplo do Paraguai, destino de milhares de estduantes brasileiros que buscam instituições de ensino na fronteira. O processo é realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Nesta primeira fase, o Revalida aplica prova escrita eliminatória, com questões teóricas específicas. Quem passa, faz a avaliação da segunda fase, em que são cobradas as habilidades clínicas do candidato.

Para se inscrever, o participante deve:

  • ser brasileiro ou estrangeiro com situação legal de residência no Brasil; e
  • possuir diploma de instituição superior reconhecido pelo Ministério da Educação ou órgão equivalente do país onde foi obtido.
Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.