Unila abre vagas para estudantes indígenas em 29 graduações

Unila realiza seleções específicas para povos indígenas desde 2018 - Foto: Divulgação

Inscrições são online, gratuitas e devem ser realizadas até o dia 20 de fevereiro.

Por Unila

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), de Foz do Iguaçu (PR), está com inscrições abertas para o Processo Seletivo de Indígenas (PSIN). São 114 vagas, em 29 cursos de graduação, destinadas a indígenas do Brasil e de qualquer país da América Latina e do Caribe. O processo seletivo é regulamentado pelo Edital 02/2022. As inscrições são gratuitas e online, e devem ser realizadas até o dia 20 de fevereiro. As informações sobre o processo seletivo estão disponíveis em https://bit.ly/PSIN-UNILA22.

A UNILA realiza seleções específicas para integrantes de povos indígenas desde 2018. Atualmente, 43 estudantes de diferentes etnias estudam na instituição. “A modalidade de ingresso de indígenas da UNILA é única no Brasil. Sem Enem, sem vestibular, valorizando os saberes e práticas utilizadas nas escolas indígenas”, salienta o professor Clovis Brighenti, que integra a Banca do PSIN.

Para participar da seleção, os candidatos devem comprovar a condição de residentes em aldeias, comunidades ou grupos indígenas. A avaliação é realizada por meio das notas das disciplinas cursadas no Ensino Médio, ou equivalente.

Como inscrever-se

Após ler o edital, os candidatos devem realizar um cadastro online no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA). No momento da inscrição, é necessário anexar alguns documentos pessoais digitalizados, entre eles a Declaração de Pertencimento à Comunidade Indígena, que deverá ser assinada por pelo menos uma liderança. Cada candidato poderá escolher duas opções de curso.

De acordo com o Edital, o resultado final deve sair no dia 19 de abril. A previsão de início das aulas é em agosto de 2022. Os candidatos selecionados terão prioridade para receber auxílios estudantis, por meio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE).

Seleções internacionais

Além da Seleção de Indígenas, também está em andamento outros dois processos seletivos voltados para alunos internacionais. A Seleção de Estudantes Refugiados e Portadores de Visto Humanitário está com inscrições abertas até 20 de fevereiro e oferta 114 vagas. Acesse o edital em https://bit.ly/PSRH-UNILA22.

Já o Processo Seletivo Internacional (PSI) oferta 480 vagas para estudantes oriundos de outros países da América Latina e do Caribe. As inscrições do PSI terminam em 1º de março. Mais informações em https://bit.ly/PSI-UNILA22.

Considerada a universidade mais internacional do Brasil, atualmente a UNILA conta com estudantes de 32 nacionalidades. Localizada em Foz do Iguaçu (PR), na fronteira com a Argentina e o Paraguai, a UNILA tem a missão institucional de formar recursos humanos aptos a contribuir com a integração latino-americana, com o desenvolvimento regional e com o intercâmbio cultural, científico e educacional da América Latina.

Por isso, são ofertadas vagas para alunos residentes em países latino-americanos e, desde 2020, para refugiados e portadores de visto humanitário que já residam no Brasil. As aulas são bilíngues, ministradas em português e espanhol.

Foto – UNILA realiza seleções específicas para povos indígenas desde 2018

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Assessoria

Este texto é de responsabilidade de assessoria da imprensa institucional e/ou empresarial. Veja mais conteúdo do autor.