Após perder por 3 a 0, Azulão da Fronteira tem missão difícil para conquistar título

Time iguaçuense precisa golear a grande sensação da temporada para ficar com a taça. Foto: Abel da Banca

O Foz do Iguaçu FC começou mal as finais da Segunda Divisão do Paranaense. No sábado (4), o Azulão da Fronteira foi derrotado pelo Aruko Sports, em Maringá, por 3 a 0. Agora, para ficar com o título, a missão é complicada: no sábado (11), às 15h30, no Estádio do ABC, terá de vencer por quatro gols de diferença. A vitória por três gols levará a decisão para os pênaltis.

Para o supervisor de futebol do time iguaçuense, José Negreiros, nada está perdido: “É uma partida de 180 minutos. Saímos em desvantagem no ‘primeiro tempo’, mas vamos buscar o resultado na segunda etapa”, destaca.

Para o confronto decisivo, o técnico Pedrinho Maradona poderá contar com o elenco completo, mas ainda sem a presença de torcedores.

As estatísticas reforçam o grau de dificuldade que o Azulão terá para ficar com a taça. No campeonato inteiro, apenas uma vez o clube conseguiu aplicar essa diferença de gols. Foi na sexta rodada da primeira fase, quando o time fez 4 a 0 no Iraty SC. E no outro lado, a equipe de Maringá tem uma campanha invicta, com 11 vitórias, dois empates, impressionantes 41 gols marcados e apenas quatro sofridos.

Vale lembrar que o Foz FC já está garantido na Segunda Divisão do Paranaense de 2022.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Vacy Junior - H2FOZ

Vacy Alvaro é repórter e coordenador dos infográficos do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.