Meia Maratona das Cataratas: corredor de Foz treina para chegar entre os cinco primeiros de sua categoria

O corredor quer bater o próprio tempo nesta edição da prova – Foto: Carlos Sossa/H2FOZ

Do sedentarismo às competições, Ezequiel Mendes fala sobre a expectativa para a prova no Parque Nacional do Iguaçu e dá dicas a iniciantes; assista à entrevista.

O corredor Ezequiel Mendes “voa baixo” e quer reduzir de 1h20 para 1h18 seu tempo na 13ª Meia Maratona das Cataratas, que acontece integralmente dentro do Parque Nacional do Iguaçu (PNI) e que recebe inscrições até 20 de fevereiro. Seu objetivo é chegar entre os cinco primeiros – na última edição, obteve o nono lugar – na sua categoria, de 40 a 50 anos.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

LEIA também: Última chamada para participar da Meia Maratona das Cataratas

O Marco Zero é um programa conjunto produzido pelo H2FOZ e Rádio Clube FM. Entrevista, opinião, enquete, entretenimento, esporte, cultura e agenda. Todo sábado, das 10h às 12h. Participe do grupo no Whatsapp para receber as novidades. Clique aqui.

A Meia das Cataratas retoma em 2022, depois de ter ficado dois anos sem ser realizada, seguindo as precauções de enfrentamento à covid-19. A prova, considerada uma das mais bonitas do país, reúne participantes de todas as regiões do Brasil e de países vizinhos, sejam atletas ou praticantes ocasionais. Neste ano, são esperados 3,5 mil inscritos para a prova, em 20 de março.

Ezequiel Mendes vai para a sua quarta participação. Ele já competiu em meias maratonas fora do Paraná e neste ano pretende disputar a Maratona de Florianópolis (SC) e as meias de Pomerode (SC) e Cascavel (PR), entre outras. Mas correr no “quintal de casa”, tendo as Cataratas do Iguaçu como cenário, é especial, destaca.

Assista à entrevista no Marco Zero:

“A expectativa para a prova deste ano é grande. Mantivemos os treinos. Corrida é qualidade de vida, em que você participa para se divertir e também foca em buscar um resultado interessante”, expõe. “E, com isso, estamos representando muito bem Foz do Iguaçu”, frisa.

A Meia Maratona das Cataratas é uma competição democrática, aberta à participação de todos os níveis e experiências, tanto que contempla trajetos de 8km e 21km. Porém, no caso de Ezequiel, que almeja voos cada vez maiores, é preciso ter estratégia e planejamento para obter bons resultados.

“A largada começa com subidas, o que é um dificultador. Tem que planejar a ida e a volta e ter a cabeça focada”, compartilha. “Porque a paisagem é contínua, e o corredor perde um pouco das referências. Não é apenas correr, tem que se planejar para correr e saber o que fazer em cada ponto”, ensina.

Prova é ponto de encontro

De acordo com Ezequiel, a Meia Maratona das Cataratas promove a integração entre corredores de todo o país. Conta ele que os contatos permanecem além da prova, com troca de informações e relações principalmente pelas redes sociais.

“Interagimos com muita gente diferente, pois o corredor tem algo mágico. As pessoas nunca se viram e de repente são amigos”, revela. “Às vezes, na prova, conversamos com alguém de Foz, de repente surgem pessoas do Rio de Janeiro, outra de Salvador. Criamos muitas amizades. Fiz muitos amigos”, relata.

Primeiros passos

Corredor “canela fina”, como são chamados os atletas velozes, Ezequiel Mendes tem 1m83 e 74kg. Ele começou a correr após convite de colegas da empresa. Inicialmente, só corria as provas. Ganhou peso, a esposa o cobrou – “está muito gordinho” – , e ele decidiu pegar rotina. Os resultados apareceram.

Inscrições para a prova vão até 20 de fevereiro, no site – Foto: Roberto Lemos

“Com a corrida, a pessoa ganha qualidade de vida, melhora a condição cardiorrespiratória e o sono, além de maior disposição para o dia a dia”, revela. “Decidi focar. Quando vi, estava em meias, busquei maratonas, cada vez buscando melhorar os tempos”, ressalta o iguaçuense.

Hoje, rotina e disciplina marcam a preparação do corredor, que faz 11 treinos semanais. “São seis treinos de corrida, além de fortalecimento corporal e a parte técnica e educativa, juntamente com o cuidado na alimentação”, detalha Ezequiel Mendes.

Dicas para os iniciantes

Para quem quer começar a correr, Ezequiel dá uma dica básica: “Devagar e sempre, não treinar todos os dias porque o corpo precisa de um tempo de recuperação”. Ele aconselha a pessoa a buscar orientação profissional ou grupos de corredores de rua em Foz do Iguaçu.

“Eu comecei com grupos de corrida. As pessoas se auxiliam, trocam experiências e até montam o treino para o interessado”, frisa. Ezequiel Mendes orienta os iniciantes a correr de três a quatro vezes por semana, começando aos poucos e aumentando a distância gradativamente.

Inscrições até dia 20

Os corredores da cidade de Foz do Iguaçu e dos 13 municípios vizinhos ao Parque Nacional do Iguaçu têm desconto especial, de 20%, no valor da inscrição, ao realizá-la presencialmente no Marco das Três Fronteiras, no Brasil.

A promoção é válida mediante apresentação de comprovante de residência e documento com foto. Mais informações pela Central de Atendimento no WhatsApp: +55 (45) 9137-3444; ou pelo site: www.meiamaratonadascataratas.com.br.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.