Avião com destino à fronteira faz pouso de emergência na Argentina

Boeing 737-800 da companhia aérea Flybondi foi obrigado a retornar ao aeroporto de Ezeiza, na região de Buenos Aires.

Apoie! Siga-nos no Google News

Um avião Boeing 737-800, operado pela companhia argentina Flybondi, foi obrigado a retornar ao aeroporto de Ezeiza, na região de Buenos Aires, após a detecção de problemas técnicos durante o voo, que tinha como destino a cidade de Puerto Iguazú.

Leia também:
Movimento no aeroporto de Foz do Iguaçu cresceu 27% em 2023

O incidente ocorreu na manhã de sábado (27), por volta das 8h20. De acordo com o jornal El Territorio, uma possível falha hidráulica levou a tripulação a declarar emergência e solicitar o retorno ao aeroporto de origem, do qual tinha partido às 8h03.

Devido ao protocolo de segurança, pelo menos três aeronaves foram desviadas para dar prioridade ao Boeing da Flybondi, que pousou às 8h33, sem registro de incidentes. Já o tráfego em Ezeiza foi normalizado às 9h04.

Em nota à imprensa, a companhia informou que “o voo FO 5100, que fazia a rota Buenos Aires–Puerto Iguazú, voltou a Ezeiza por uma novidade técnica no avião, que pode ser uma falha ou um alarme falso de falha em qualquer parte ou sistema”.

“Quando o avião se declara em emergência, os serviços de assistência ao voo estão esperando na plataforma, por precaução, mas o voo pousou normalmente e os passageiros desembarcaram sem inconvenientes”, complementou a Flybondi.

Com matrícula LV-KEF e 13 anos de fabricação, o Boeing 737-800 é operado pela empresa argentina desde janeiro do ano passado, tendo sido utilizado, anteriormente, por uma companhia aérea da Indonésia.

LEIA TAMBÉM