Extraditado do Paraguai. PF recebe ‘Senhor das Armas’, acusado de tráfico internacional de armamento

Policiais federais receberam o homem na aduana brasileira - Foto: Receita Federal/Arquivo

Transferência foi na Ponte da Amizade. O preso foi alvo da Operação Fronteira, empreendida pelas polícias do Brasil e Paraguai.

A Polícia Nacional do país vizinho extraditou um paraguaio conhecido como “Senhor das Armas”, acusado de atuar no tráfico internacional de armas. A Polícia Federal em Foz do Iguaçu recebeu o homem na Ponte da Amizade, na manhã desta terça-feira, 18, levando-o para a delegacia e, posteriormente, a um presídio.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

O acusado tem de 47 anos de idade, e recai sobre ele ordem de prisão preventiva emitida pela Justiça Federal em Volta Redonda (RJ). Segundo a PF, o estrangeiro foi alvo da Operação Fronteira, deflagrada pela Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, em dezembro de 2020.

O objetivo da operação foi “prender traficantes internacionais de armas e drogas, responsáveis pelo envio dos ilícitos para o Brasil”. A Operação Fronteira reuniu instituições brasileiras e paraguaias, e contou com a participação da Núcleo de Cooperação Policial Internacional (Interpol/RJ)

“O preso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu, onde será comunicado sua detenção”, informou a assessoria da PF. O próximo procedimento, posteriormente, será levá-lo para uma unidade prisional, completou.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.