Funcionário da Prefeitura de Ciudad del Este é preso acusado de tráfico de armas ao Brasil

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Um trabalho de investigação em conjunto, feito durante mais de um ano pela Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai e a Polícia Federal do Brasil, resultou na prisão, nesta terça-feira, 1, de um funcionário público da Prefeitura de Ciudad del Este, informa o jornal Hoy.

Pedro César Prieto é acusado de ser um elemento chave no fornecimento de armas aos integrantes do grupo criminoso brasileiro Comando Vermelho, a partir da Tríplice Fronteira.

Ele foi preso na própria Prefeitura, com base numa ordem de prisão internacional – que tinha alerta vermelho da Interpol – e de uma ordem da Justiça do Rio de Janeiro.

Para passar as armas do Paraguai ao Brasil, Prieto se valia das conhecidas “mulas de fronteira”, que recebem somas de dinheiro em troca de transportar artigos de um país ao outro por diversos meios, principalmente em veículos com fundo falso.

Sua prisão representa um golpe importante na logística de fornecimento de armas à facção Comando Vermelho, cuja principal base de atuação é o Rio de Janeiro.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.