Lagoa enche com chuvarada e jacarés saem a passear por cidade paraguaia

Os jacarés da lagoa do município paraguaio de Itá, na região metropolitana de Assunção, ficaram famosos da noite pro dia. Literalmente. A chuvarada desta semana encheu a lagoa e, na noite de terça-feira passada, os jacarés começaram a sair da água e a passear pelas ruas da cidade.

Os bombeiros voluntários trabalharam bastante para resgatar os jacarés e devolvê-los à lagoa. Pelo menos oito deles tinham ido fazer o passeio.

Claro que o caso ganhou repercussão nacional. Depois que os bombeiros voluntários resgataram os bichos, o Ministério do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Mades) interveio na Prefeitura de Itá, por manejo irregular de animais silvestres, ao ser constatada falta de medidas de proteção para os jacarés e, também, que a vala de segurança que margeia a laguna apresenta rupturas em vários pontos, por onde eles escaparam.

A Prefeitura de Itá passou a trabalhar em conjunto com técnicos do Mades para solucionar os problemas apresentados, que incluem superpopulação de jacarés no local, que por isso mesmo não encontram alimentos suficientes.

Técnicos do Ministério do Ambiente foram verificar as condições de vida dos jacarés.

O grupo ambiental “Salvemos a Laguna de Itá”, em sua página no Facebook, disse que era isso mesmo que se esperava, uma atuação conjunta em favor da laguna e dos jacarés.

E até publicou uma “fala” de um dos jacarés do lugar: “Agora já nos viram, já somos famosos e, graças a vocês, podemos tornar visíveis muitas das problemáticas da laguna”.

O PASSEIO

Em fotos feitas pelos próprios moradores, o passeio dos jacarés na cidade  e o trabalho dos bombeiros voluntários para capturá-los:

AS REIVINDICAÇÕES

O grupo “Salvemos a Laguna de Itá”é formado por voluntários e se dedica a proteger aquele espaço público. Elea reivindica, entre outras coisas, o manejo da população de jacarés por técnicos especializados; iluminação noturna; fiscalização permanente; uma vala mais alta para evitar a fuga dos animais; e a drenagem da areia que está assoreando a lagoa. E, por fim, “que as autoridades deixem de brilhar por sua ausência”.

A Prefeitura de Itá, em nota pública, “agradece à população e à ampla adesão nacional e internacional a favor de continuar protegendo o meio ambiente e o habitat da Laguna, um dos únicos lagos urbanos do mundo com presença de jacarés”.

ATRATIVO LOCAL

Tem até estátua de jacaré na cidade, cujo maior atrativo é justamente a lagoa onde eles vivem.

Itá tem uma população de 82 mil habitantes e seu maior atrativo é justamente a Laguna, com seus 182km² de área.

Sobre a lagoa, há várias lendas de como surgiu. Moradores antigos contam que, na época da Guerra Grande (a guerra em que o Paraguai enfrentou Brasil, Argentina e Paraguai), os soldados passavam pelo local, onde havia um poço de água na propriedade de uma anciã.

Sedentos, os soldados pediam água, mas ela negava. E assim fazia com todos que queriam saciar a sede. Um dia, caiu um dilúvio, que inundou toda a propriedade e formou a lagoa.

A Laguna de Itá, também denominada “Mártires de Acosta Ñu”, nunca secou. Segundo a Wikipedia, é um lugar pitoresco, que nos últimos tempos se transformou em atrativo turístico, exatamente pela presença de jacarés.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.