A loja tentou dar um golpe, mas foi obrigada a devolver o dinheiro ao turista. Foto La Clave

Loja de CDE vende celular velho a turista brasileiro, mas teve que devolver dinheiro

A fronteira estava fechada para a entrada de carros do Brasil, nesta segunda-feira, 5, de manhã. Mas um turista de Maringá não teve dúvidas: atravessou a Ponte da Amizade e procurou a polícia do Paraguai para reclamar que foi vítima de um golpe, numa loja de Ciudad del Este, noticia o jornal La Clave.

Lucas Baratto Medina, que mora em Maringá, foi à cidade paraguaia no sábado, 3, para comprar um celular iPhone XR, pelo qual pagou R$ 3.300. Quando voltou a Foz do Iguaçu, no entanto, ele percebeu que o aparelho era recondicionado.

A fraude foi cometida pela loja Electrónico Shop Cell Atacado e Varejo, situada no segundo andar do Shopping Alfonso, conforme a denúncia aceita pela delegacia n° 1 de Ciudad del Este.

Deu um pouco de trabalho, ainda mais que Lucas enfrentou o protesto dos “paseros” na cabeceira da Ponte da Amizade, no lado paraguaio, mas ele conseguiu ter de volta tudo o que pagou pelo celular velho. Ele contou com o apoio do assistente de promotor Osmar Vallejos.

O Shopping Alfonso, onde funciona a loja, é um dos locais onde há lojas que sofreram intervenção da Polícia Nacional do Paraguai, entre outubro de 2020 e 22 de fevereiro deste ano, por supostas fraudes contra turistas brasileiros.

Veja mais:

Polícia Nacional do Paraguai faz alerta e divulga lista de lojas que já lesaram turistas

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 908 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ